Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 7 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

...............................................................................................................................
| | | - COVID-19
[1] - Compilação de Sugestões de Medidas de Proteção Práticas para Oficiais de Justiça
[2] - Consulte aqui os dados oficiais diários atualizados da DGS e infografias
[3] - Consulte também aqui, em primeira mão, as notícias que a agência Lusa fornece para a comunicação social, entretanto com acesso gratuito

...............................................................................................................................

Sábado, 03.10.15

Acabou a Campanha Eleitoral

     Em dia de reflexão para a votação de amanhã, abaixo se reproduz o artigo publicado há dois dias pelo Económico, sob o título de “A campanha eleitoral em 10 palavras”.

     «As campanhas eleitorais são caracterizadas por um conjunto de palavras que, não sendo novas, assumem um significado específico. E de algum modo ajudam a compreender o tempo e o modo de cada campanha.

     1. Sócrates

     Das muitas coisas que se podem dizer sobre o social-democrata Paulo Rangel, falta de reflexão e inocência não são duas delas. A dúvida que levantou sobre se o antigo primeiro-ministro José Sócrates, se estaria preso se houvesse um governo do PS no ativo fez o caminho que era suposto: lançou uma cortina de fumo que não voltou a dissipar-se. Pedro Passos Coelho quase deitaria tudo a perder quando, nos debates televisivos com António Costa, insistiu até à exaustão em acantonar o líder da oposição no “séquito” do ex-preso 44.

     2. Troika

     Foi um dos temas mais divertidos da campanha: mas afinal quem é que chamou a “troika”? Aliás, tão divertido quanto inesperado, dada a sua total ausência de sentido. No final da peleja, os portugueses mais distraídos ficaram a perceber que tanto o PS como o PSD queriam a “troika” em Portugal. Já os menos distraídos puderam concluir que, se não estamos em erro, a “troika” nunca existiu.

     3. Radicais

     Subitamente, o PS desatou a chamar radical a Pedro Passos Coelho e a Paulo Portas, por estes colocarem em causa os ensinamentos da social-democracia e da democracia-cristã, fugindo para os braços indecorosos do neoliberalismo mais desbragado. Os líderes da coligação Portugal à Frente responderam que radical era mesmo António Costa, que faz finca-pé em não viabilizar um governo minoritário da coligação. De fora, o MRPP e Garcia Pereira – que haviam engendrado a frase de campanha “morte aos traidores” – não deviam estar a perceber nada do que se estava a passar.

     4. Maioria absoluta

     António Costa pediu uma, Passos Coelho e Paulo Portas também não. Para os que acusavam o líder do Governo de ter um discurso sensaborão e pouco elaborado, foi um gosto ver como Passos Coelho conseguiu encontrar várias dezenas de palavras para dizer “absoluta” sem dizer “absoluta”. A Porto Editora, líder do mercado interno de dicionários de sinónimos, agradece reconhecida.

     5. Plafonamento

     Só mesmo no início da campanha era possível os portugueses terem paciência para ouvirem a retórica que envolveu a questão do plafonamento da Segurança Social. No final ficámos todos esclarecidos: o plafonamento da Segurança Social é... portanto... quer dizer; é fazer as contas.

     6. BES

     O antigo Banco Espírito Santo e o Novo Banco não podiam passar ao lado da campanha. De concreto ficou a saber-se que a fatura da resolução do BES é como a dívida da Grécia: não é para pagar. Ou, pelo menos foi isso que ficou subjacente ao que disse Passos Coelho: era só uma questão contabilística, certamente pouco criativa. Pouco contabilística foi, para todos os efeitos, a intromissão dos lesados do BES na campanha eleitoral: montaram uma verdadeira perseguição aos líderes da coligação PSD/CDS e, apesar de todo o aparato policial montado em seu redor – muitas vezes com o recurso a agentes à paisana – e de os confrontos terem estado iminentes em várias ocasiões, não esmoreceram.

     7. Syriza

     Como se não bastassem aos pobres (em sentido figurado) dos gregos as agruras da política interna, ainda têm de aturar servirem de adjetivação para o que de mais infernal pode suceder a um povo europeu, qualquer que ele seja, se não for bem comportadinho, ordeiro e caladinho. O que vale é que já estão habituados: serviram para o mesmo nas eleições de Maio no Reino Unido, nas municipais de Espanha – mas neste caso o povo, que tem o seu próprio Syriza chamado Podemos, não ligou nenhuma – e até, em menor grau, nas presidenciais da Polónia. Só na Turquia é que o tema não pegou - o que se compreende, dado que, por lá, já é preocupação suficiente o facto de o presidente Recep Erdogan querer transformar-se em Califa.

     8. Cartazes

     A campanha eleitoral – ou a pré-campanha, já ninguém se lembra ao certo – não podia ter começado da melhor maneira: a polémica dos cartazes do PS foi dos acontecimentos mais risíveis dos últimos tempos, e é sempre bondoso da parte dos partidos fazerem um esforço para alegrarem o povo, principalmente numa altura em que nenhuma equipa de futebol nacional está a fazer uma campanha auspiciosa nas provas europeias de clubes. Os restantes partidos já não se riam tanto desde, pelo menos, os debates entre António Costa e António José Seguro para as eleições diretas do líder PS.

     9. Catalunha

     A vitória dos partidos que apoiam a independência da Catalunha nas eleições de domingo motivou pequenos e quase envergonhados comentários da parte da maioria dos políticos portugueses. Percebe-se: se a Catalunha se tornar independente, Portugal perde o lugar de segundo país mais desenvolvido da Península Ibérica mas ainda não será desta que saímos do pódio. Ou foi por isso, ou então foi para não afrontar o poder de Madrid, a cidade que manda num dos países mais importantes para Portugal, tanto na ótica do fornecedor, como na do cliente.

     10. Estado Social

     No fundo no fundo, é sempre disso que se fala: do Estado social. Criado no Hotel Matignon, Paris, em 1936 (passe o exagero), nada indica que comemore os seus 80 anos com um mínimo de saúde. Entre os que o consideram uma excrescência de outros tempos e os que o querem recuperar, o pobre (em sentido literal) Estado social ainda continua a ser aquilo que mais divide – e por isso torna perene – a muito vilipendiada mas nunca desaparecida divisão entre direita e esquerda.»

VoteBoletim.jpg

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:03


BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    bem visto

  • Anónimo

    Exato. E também dos Escrivães que substituem os Se...

  • Anónimo

    Não é necessariamente uma má notícia, é importante...

  • Anónimo

    Venham agora os teóricos das "gotículas", que pulu...

  • Anónimo

    Confirma-se aquilo que há muito se falava e que mu...

  • Anónimo

    Uma forma original de exterminar o movimento sindi...

  • Anónimo

    tanta insistência pelo estatuto só pode ser de alg...

  • Anónimo

    https://jornalacores9.pt - 20 janeiro de 2020 "Min...

  • Anónimo

    A tal teoria da "gripezinha" não é?

  • Anónimo

    Claro que na sua cabeca a vida da colega e de todo...

  • Anónimo

    ainda bem ... convenhamos que o novo estatuto prop...

  • Anónimo

    Quem dera que fosse apenas nesse oeste. É geral.

  • Anónimo

    Uma oficial de justiça da Amadora está infetada co...

  • Anónimo

    Quanto á a implementação de apropriados modelos de...

  • Anónimo

    Concordo com o comentário. Daqui a pouco mais de ...

  • Anónimo

    Início das negociações do novo Estatuto. 7 de maio...

  • oficialdejustica

    A opção de gravar os endereços de IP dos comentado...

  • Anónimo

    Oh colega, deixe lá os goticologistas falar. Estav...

  • Anónimo

    Tenho lido algumas resposta de Oficiais de Justiça...

  • Anónimo

    Falar mais alto produz mais gotículas, apontam ain...

  • Anónimo

    "Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta...

  • Anónimo

    As fontes referidas deveria ter dito:Lei n.º 16/20...

  • Anónimo

    "Ora, nada disto sucede com a viseira que cobre to...

  • Anónimo

    Os "convidados" e as "convidadas", este sim é um t...

  • Anónimo

    Bom dia a todos.Eu acho que todos trabalhamos quer...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"


    subscrever feeds





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................