Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 7 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

...............................................................................................................................
| | | - COVID-19
[1] - Compilação de Sugestões de Medidas de Proteção Práticas para Oficiais de Justiça
[2] - Consulte aqui os dados oficiais diários atualizados da DGS e infografias
[3] - Consulte também aqui, em primeira mão, as notícias que a agência Lusa fornece para a comunicação social, entretanto com acesso gratuito

...............................................................................................................................

Sábado, 10.09.16

As Secretarias Exangues

      Na conferência-debate desta quarta-feira (07SET) denominada “Que Justiça Queremos?”, iniciativa da Associação Sindical de Juízes (ASJP) já aqui referida, a ministra da Justiça, na sua intervenção de abertura, abordou vários aspetos gerais da Justiça e do seu Ministério mas, na sua intervenção, referiu-se também às Secretarias Judiciais.

      É nas Secretarias Judiciais que laboram, entre outros locais, os Oficiais de Justiça, pelo que, ao referir-se às Secretarias Judiciais, não deixa de referir-se a quem lá trabalha.

      Francisca van Dunem disse que «A perceção pública de morosidade – sustentada num discurso que colhe muitas vezes razão no caso limite e na exceção – é visualmente confortada pela repetição de imagens de secretarias judiciais exangues».

      Tentemos perceber o que a ministra da Justiça afirmou.

      Francisca van Dunem afirma que há uma certa perceção pública de certa morosidade na justiça que não corresponde à realidade. Sim, o que a ministra afirma é que a perceção do cidadão é falsa e não tem correspondência com a realidade. O que a ministra da Justiça afirma é que aquela perceção do cidadão só existe porque é construída com casos de exceção; com o “caso limite”, como diz.

      Para além de afirmar que a perceção pública está errada por se basear nos tais casos limite e de exceção, diz ainda que essa perceção se deixa também enganar pelas imagens sistematicamente repetidas de “secretarias judiciais exangues”.

      As imagens a que se refere a ministra, considera-as como sendo imagens que transmitem uma Secretaria e uma gente que lá trabalha, enfraquecida, desiludida, perdida, incapacitada, esvaziada de sangue que circule bombeado e oxigenado, como diz o povo: “sem sangue na guelra” e, por isso, uma secretaria e uma gente débil e rendida perante a enormidade dos processos que se vêm nessas mesmas imagens, amontoados por todo o lado, nas secretárias, por cima e por baixo, no chão, a forrar paredes; mal se vendo as pessoas que lá trabalham.

      Será que a culpa da perceção é das imagens e dos casos excecionais? Será que as imagens transmitem algo que não existe? Será que são os Oficiais de Justiça os responsáveis pelo mau aspeto das secretarias? Deveriam retirar os processos e apresentar-se às câmaras dos jornalistas de sorriso rasgado e bandeirinha de Portugal a agitar na mão?

      Claro que os Oficiais de Justiça não têm tempo para fazer desaparecer os excessos nem têm tempo nem vontade de sorrir para as câmaras, porque estão, de facto, exangues, e aqui a ministra da Justiça tem toda a razão, a exanguidade que refere existe de facto e as imagens transmitem esse estado mas a culpa não é das imagens mas do estado real das secretarias.

SecretariaProcessos1.jpg

      O Ministério da Justiça está a trabalhar em soluções de maquilhagem do estado das secretarias, de forma a poder transmitir para a opinião pública imagens de uma modernidade aparente que não corresponde à realidade.

      Esta maquilhagem em que se gastam milhões visa apenas isso mesmo, a maquilhagem. Para isso, por exemplo, no primeiro dia deste mês de setembro, iniciou-se no palácio da justiça das experiências (em Sintra) mais um projeto-piloto de atendimento do público. Este projeto visa essencialmente esconder dos olhares do público a realidade das secretarias, criando um serviço de atendimento independente das secretarias e longe destas, ficando estas inacessíveis ou de difícil acesso, sendo obrigatório passar sempre pelo novo balcão de atendimento, onde não há processos nem visões exangues.

      A propósito deste projeto-piloto, os cientistas experimentadores esqueceram-se das prerrogativas dos advogados no acesso às secretarias, pretendendo tratá-los como público geral, o que já motivou protesto por parte da Ordem dos Advogados.

      A ministra da Justiça, convencida que está que é possível mostrar outra realidade, escondendo a verdade, acredita que, ao não se verem as secretarias exangues, deixarão de existir. Esta é a mesma convicção das crianças, bebés, quando os adultos fazem aquela brincadeira de tapar e destapar a sua própria cara dizendo: “Oh! Não está!” e, de seguida destapando, “Já está!”, ou “Cu-cu!”. As crianças riem-se com a graçola e os adultos pensam que a criança acredita mesmo no desaparecimento por terem a cara tapada e que regressam subitamente do nada mas o certo é que as crianças se riem e riem repetidamente, sem dúvida, pelo ridículo do adulto e por este acreditar no inacreditável.

      Não, as coisas não desaparecem por se ocultarem, apenas ficam ocultas. As Secretarias não deixarão de ser exangues por não serem vistas.

SecretariaProcessos2.jpg

      O que se esperava deste Ministério da Justiça e deste Governo é que caminhasse no sentido de solucionar os problemas reais da justiça, problemas esses que as imagens bem transmitem, em vez de varrer os problemas para debaixo do tapete, para não serem vistos nem resolvidos mas para transmitir uma outra imagem que renderá votos.

      No mesmo discurso aqui citado, a ministra da Justiça confirma tudo o que aqui se expôs, não só pela citação reproduzida, como também pela que segue:

      «A justiça  que  queremos  deve  desconstruir  essa  imagem [das secretarias exangues],  com  novas  imagens, permanentes e sistemáticas, que transmitam o ambiente, as formas e os sinais de uma modernidade que respeita a função simbólica dos Tribunais».

      Após o momento inicial de estado de graça deste Governo, da Geringonça e desta ministra, temos que, como se diz no Brasil, “cair na real” e aceitar que, com esta governação, só estamos a perder tempo com a criação de malabarismos ilusórios, sem a resolução, pura e nua, dos reais problemas que gritam por verdadeiras soluções.

      Sim, é verdade que são simpáticos, em relação aos seus antecessores, mas não é a simpatia que resolve os problemas. A simpatia serve só para ganhar eleições e esse é claramente o objetivo desta governação geringonçal, por parte de todos os seus membros.

      Entretanto, tudo na mesma e todos à espera. À espera de quê? Porquê?

      Pode, se quiser, ver todo o discurso da ministra da Justiça, aqui citado, seguindo a seguinte hiperligação: “DiscursoMJ”.

SecretariaProcessos21.jpg

Nota: As imagens que ilustram este artigo constituem imagens públicas copiadas e obtidas na Internet em difusão de acesso universal de, pelo menos, um órgão de comunicação social, como os que se indicam nas hiperligações contidas: 1ª Imagem2ª Imagem e 3ª Imagem.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:10


BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

  • Anónimo

    Estou chocada com este artigo. Como funcionários p...

  • Anónimo

    bom dia,este ano vai abrir concurso público?

  • Anónimo

    Será que o Senhor Secretario de Estado já convocou...

  • Manuela Rodrigues

    Não entendo o porquê de tanto alarido, sai quando ...

  • oficialdejustica

    Resposta ao Comentário Anónimo de 25-05-2020 às 13...

  • oficialdejustica

    Na quarta não foi este que aqui está em causa.

  • oficialdejustica

    Pois foi promulgado e só hoje. Ainda bem que veio ...

  • Anónimo

    Foi promulgado hoje. Siga o seu conselho - informe...

  • Anónimo

    "o Ministério da Justiça deveria fornecer máscaras...

  • Anónimo

    Ja foi promulgada na quarta feira. Informe-se melh...

  • Anónimo

    "Ley Orgánica 19/2003, de 23 de diciembre - reform...

  • Anónimo

    "El Tribunal Superior de Xustiza de Galicia acogió...

  • Anónimo

    O que foi aprovado foi uma proposta de lei, que se...

  • Anónimo

    Tenho 3 cheques das finanças perdidos referentes a...

  • Anónimo

    É um sindicato morto, o seu staff pestaneja muito,...

  • Anónimo

    Sindicalismo "do silêncio"!Um comunicado silencios...

  • Anónimo

    sfj, de mal a pior...

  • Anónimo

    Aquando da revisão dos Estatutos das Magistraturas...

  • Anónimo

    concomitantemente, chegou a comentar-se nos OCS um...

  • Anónimo

    Este prémio em bom rigor foi criado para estancar ...

  • Anónimo

    Premios Segurança Social - O prémio de desempenho...

  • Anónimo

    Que esta iniciativa/projeto, que é o blog, não se ...

  • Anónimo

    Concordo com a pergunta e o sentido da mesma. Já ...

  • Anónimo

    Uma pergunta:quem já for escrivão ou técnico de ju...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"


    subscrever feeds





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................