Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 9 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt
Bem-vindo(a) à página do Diário Digital dos Oficiais de Justiça de Portugal. Aqui encontra todos os dias informação com interesse geral para o mundo da Justiça e em particular para os Oficiais de Justiça. Desfrute!
...............................................................................................................................
FERIADOS MUNICIPAIS NESTA SEMANA:
- 29SET-Qui - Cabeceiras de Basto, Fornos de Algodres, Penela, Resende e Tarouca.
- 01OUT-Sab - Vila Nova de Cerveira.
& pode ver + nos Calendários do Oficial de Justiça para 2022 e também para 2023
...............................................................................................................................
GREVES PENDENTES – SEM SERVIÇOS MÍNIMOS:
- 04.OUT-Terça-feira – MANHÃ (09H00-12H30) - Núcleos: Porto, Lisboa e Ponta Delgada.
- 06.OUT-Quinta-feira – TARDE (13H30-17H00) - Núcleos: Funchal, Coimbra e Almada.
- Todos os dias – Nacional - das 12H30 às 13H30 e das 17H00 às 09H00 do dia seguinte.

...............................................................................................................................


Terça-feira, 10.05.22

“Fazer acontecer”: “Dignificação dos que trabalham connosco e dos que temos a cargo”

      Na passada semana, a ministra da Justiça, Catarina Sarmento e Castro, esteve na Assembleia da República, por ocasião das audições dos membros do Governo, na apreciação na especialidade do Orçamento de Estado para 2022.

      A seguir vamos reproduzir alguns trechos relevantes extraídos da intervenção da ministra, podendo aceder a toda a intervenção na ligação que a final consta indicada como “fonte”.

      Logo a abrir disse: «O orçamento do Ministério da Justiça, para 2022, é um orçamento que reflete um compromisso prioritário com uma Justiça que se quer eficiente e célere, ao serviço dos direitos e do desenvolvimento económico-social, mais próxima dos cidadãos, mais, moderna, transparente e acessível.»

      «Este é o orçamento inicial do MJ mais elevado de sempre.

      .1. É um orçamento que permitirá manter o foco no combate determinado contra a corrupção;

      .2. É um orçamento que pensa nos utentes dos serviços de justiça - cidadãos e empresas -, e apostado na melhoria da eficiência da atividade judicial, tendo em vista o desenvolvimento económico-social do país, e o reforço da confiança no Sistema Judicial;

      .3. É um orçamento virado para o investimento e recuperação de infraestruturas;

      .4. Que aposta na dignificação dos que trabalham na Justiça;

      .5. É um orçamento que cuida dos mais fracos, porquanto comprometido com a prevenção e o apoio às vítimas.»

      Estamos, portanto, perante um orçamento – o mais elevado de sempre – que aponta para tudo e mesmo para a "aposta na dignificação dos que trabalham na Justiça". Falta saber o que é isso da "dignificação" e a que trabalhadores concretamente se dirige.

      Dignificar os trabalhadores da Justiça terá de passar, inexoravelmente, pela maior massa de trabalhadores da Justiça, os mais de sete mil Oficiais de Justiça, muitos mais do que as duas magistraturas juntas. Por isso, essa "aposta na dignificação", este ano, só pode ser dirigida aos Oficiais de Justiça que se mantêm indignificados há longos anos, o que não ocorre com os demais trabalhadores da justiça.

      Mas será que é essa a leitura que a ministra da Justiça faz? Vejamos:

      «Desse sucesso são bem ilustrativos (...) o resultado do investimento designadamente, em meios humanos e tecnológicos, também já é visível na diminuição das pendências nos tribunais.»

      Portanto, afirma que houve investimento em meios humanos e que a prova disso é que as pendências estão a descer. Ora, se os resultados vêm sendo bons, para quê dar ouvidos aos queixumes dos Oficiais de Justiça? Afinal a prova está nos resultados.

      Mas mais à frente na sua intervenção, Catarina Sarmento e Castro volta a abordar a dignificação dos trabalhadores da justiça, referindo-se aos Guardas Prisionais e também aos Oficiais de Justiça, fazendo-o nos seguintes termos:

      «Para continuar a dignificar aqueles que trabalham na Justiça, é também tempo de assegurar um novo Estatuto aos Oficiais de Justiça, e de fazer o levantamento rigoroso das necessidades do sistema, para reforço de recursos humanos.»

      Portanto, um novo Estatuto e, antes de mais e da reivindicada abertura de novo concurso de ingresso, entende a ministra da Justiça que há que "fazer o levantamento rigoroso das necessidades do sistema, para reforço de recursos humanos". Isto é, realizar mais um novo diagnóstico, cujo resultado parece ser possível adivinhar, em face dos resultados estatísticos e porque a ministra da Justiça prosseguiu assim:

      «Apesar de as novas tecnologias terem contribuído para reduzir em cerca de 31% e 18% o número de horas de trabalho despendidas pelos Oficiais de Justiça, em tarefas de atendimento e tarefas administrativas, nomeadamente através da iniciativa Tribunal+, permitindo melhorar a eficiência das secretarias dos tribunais e reafectar recursos para tarefas com maior valor acrescentado»

      No entanto, curiosamente, apesar da necessidade do tal "levantamento rigoroso das necessidades" e da diminuição das horas de trabalho em algumas tarefas, a ministra da Justiça avançou na Assembleia da República que a necessidade de admissão de Oficiais de Justiça/Funcionários Judiciais é uma realidade, concluindo a sua intervenção neste aspeto afirmando assim: «mantém-se a necessidade de admissões de Funcionários Judiciais».

      Por outro lado, a aposta na "transição digital" e na "transformação da justiça", refere a ministra que "não se circunscreve a uma mera digitalização, de transformação de átomos em bits (que caracterizou uma primeira fase da modernização empreendida nos últimos 15 anos), mas que abraça um novo paradigma transformador dos sistemas de justiça."

      De seguida, indica os substitutos da plataforma "Citius", como o "Magistratus" para os juízes e "MP Codex" para os procuradores, a par de outras novidades também para as Secretarias.

      Terminou a intervenção contrariando as "vozes catastrofistas":

      «Termino, não sem antes contrariar vozes catastrofistas, reforçando que é um facto que o serviço que a Justiça presta a cidadãos e empresas está já a melhorar, e vai sair reforçado e mais capaz com a transformação que empreenderemos.»

      E apresenta dados relativamente aos tribunais:

      «É preciso dizer com clareza:

      - Em 2021, o número de processos pendentes nos tribunais judiciais foi o mais baixo dos últimos 26 anos (desde 1995).

      - O ano de 2021 é o nono ano consecutivo em que se verificou uma redução do número de processos pendentes nos tribunais judiciais de 1ª instância.

      - Em 2021, o número de processos findos foi superior ao número de processos entrados, o que justifica o decréscimo da pendência em cerca de 8,9%.»

      Quanto à situação dos Tribunais Administrativos e Fiscais, considera a ministra da Justiça que houve uma evolução, embora tímida.

      «É, igualmente, um facto que áreas houve que conheceram melhorias demasiado tímidas, como a área da Justiça administrativa e fiscal. Mas, exatamente porque a evolução positiva nesta jurisdição ainda é muito insuficiente, a Justiça administrativa e fiscal está já a merecer o nosso máximo empenho, com o Plano de Ação Estratégica para a Justiça Administrativa e Fiscal.»

      Por fim, reitera, em síntese, tudo quanto alegou e relativamente aos trabalhadores da Justiça, reafirma assim: «Trabalhar para continuar a Dignificação dos que trabalham connosco e dos que temos a cargo.»

      «Com este primeiro orçamento, o XXIII Governo dá início a um novo ciclo de transformações, e renova o compromisso com os projetos e serviços da Justiça que vêm dando prova.»

      E conclui assim:

      «Bem cientes do desafio que nos espera, estamos confiantes de que podemos fazer acontecer.»

MJ-CSC-CatarinaSarmentoCastro.jpg

      Fonte: "Intervenção MJ na AR a 04-05-2022".

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:01


BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Subscrição por e-mail
Receba todos os dias o artigo do dia no seu e-mail. Peça para:
oficialdejustica.oj.portugal@gmail.com

saiba+aqui

..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos.
Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Quando digo falta de cabimento orçamental quer-se ...

  • Anónimo

    Para o chutar para canto é preciso apenas que as d...

  • Anónimo

    Sim bem sabemos.Ultimar é concluir!Ultimado é - te...

  • Anónimo

    Ultimar quer dizer que está pronto!

  • D.Santos

    Vergonha!Considero vergonha o facto dos órgãos de ...

  • Anónimo

    Estatuto ultimado... "sem prejuízo da necessária a...

  • Anónimo

    Na página do SFJ vem hoje publicada uma informação...

  • Anónimo

    É preciso dizer também que quem tem mais de 36 ano...

  • Anónimo

    É a tal "REFORMA SILENCIOSA"

  • Anónimo

    Resolveria o problema relacionado com a ação refer...

  • Anónimo

    Pois é Colega, a imagem que transparece é que os O...

  • Anónimo

    Entre as principais reivindicações da carreira de ...

  • Anónimo

    É do interesse do governo apresentar e aprovar aqu...

  • Anónimo

    Onde queria dizer escola queria mesmo é dizer esfo...

  • Anónimo

    Queria dizer escola ..

  • Anónimo

    Sem lubrificante e com uma lixa envolta numa "pene...

  • Anónimo

    Como diz a cantiga "se é para acontecer que seja a...

  • Anónimo

    Está para cima e está para baixo. Talvez ali e aco...

  • Anónimo

    O sexo pode ser bom, mas eu, OJ, estou farto de le...

  • Anónimo

    Para que fique a constar e para que não hajam equí...

  • Anónimo

    Obrigado SOJ por materializar a vontade dos Oficia...

  • D.Santos

    Muito bem! O papel dos sindicatos continua a ser b...

  • Anónimo

    SOMOS PRISIONEIROS DOS GOVERNANTES E DOS GRUPOS EC...

  • Anónimo

    QUEM PUDER QUE FUJA DO TRABALHO NOS TRIBUNAISCASO ...

  • Anónimo

    e mais: OJ´s auxiliares com 20 anos de carreira, s...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................