Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 9 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt
Bem-vindo(a) à página do Diário Digital dos Oficiais de Justiça de Portugal. Aqui encontra todos os dias informação com interesse geral para o mundo da Justiça e em particular para os Oficiais de Justiça. Desfrute!
...............................................................................................................................

Domingo, 29.05.22

“Toma lá 3 mil euros”

      O candidato (único) à vaga de juízes no Tribunal Constitucional, António Almeida Costa, está a ser muito contestado pelas suas convicções que, felizmente, abertamente expõe, como a de impor limites à liberdade de imprensa e mesmo a de ser contra a interrupção gestacional nas mulheres, acrescentando mesmo nas que sejam violadas, uma vez que, diz, há provas em experiências realizadas na Alemanha Nazi de que as mulheres violadas raramente engravidam.

      Claro que todo este manancial de disparates só pode ter como consequência o alarme social por tal indivíduo poder vir a ocupar algum lugar com poder de decisão, designadamente, no Tribunal Constitucional.

      Por outro lado, tem de positivo o facto de não se coibir de expressar essas suas opiniões, o que faz com que todos fiquemos a saber com aquilo que podemos contar, ao contrário de outros que, com as mesmas ou idênticas opiniões, não as manifestam e, assim, passam despercebidos.

      Numa audição na Assembleia da República, na Comissão de Assuntos Constitucionais, a propósito da violação do segredo de justiça, Almeida Costa afirmou que a solução passa por "punir" os jornalistas e ter coragem de limitar a liberdade de imprensa.

      O trecho mais polémico e que se refere também aos Oficiais de Justiça é o seguinte:

      «Eu duvido que haja coragem política para o fazer, que é punir quem divulga. Porque é muito fácil chegar a um Escrivão de um tribunal, que ganha uma miséria, dá-se-lhe; olha, toma lá 3 mil euros; isso no espaço de antena dá uns milhões e, portanto, é uma guerra perdida se continuarmos aqui.»

      Relativamente à menção do Escrivão e dos 3 mil euros, António Marçal, presidente do Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ), referiu que “o senhor juiz está com certeza a olhar para o espelho”, acrescentando “se ele acha que há corrupção entre os Oficiais de Justiça, ele deve ser o maior corrupto que aí está para fazer uma afirmação dessas!”, diz Marçal indignado.

      “Uma afirmação dessas perante a comissão também devia envergonhar todos aqueles que o apresentaram como candidato para a mais alta instância da magistratura e do Tribunal Constitucional”, acrescentando que vê a situação “com muita tristeza”, porque considera que o juiz em causa “não dá só uma má imagem dos juízes, dá uma má imagem dos órgãos judiciais portugueses”.

      “Espero sinceramente que ele não seja nomeado juiz do Tribunal Constitucional porque será uma vergonha e uma mancha”, sublinha.

      António Marçal considera que se Almeida Costa vier a ser nomeado, Portugal não terá legitimidade para criticar países como a Hungria ou a Polónia por incumprirem o Estado de Direito Europeu.

      “Que raio de país é este que até há pouco tempo se revoltava contra um conjunto de nomeações para o tribunal federal norte-americano e agora estamos a nomear uma pessoa que está a chamar corruptos aos outros sem ter provas, e que diz que as mulheres é que querem ser violadas?”, questiona, recordando posições anteriores defendidas pelo juiz António Almeida Costa.

      Como já dissemos, ainda bem que Almeida Costa diz abertamente tudo o que pensa, pois isso é uma vantagem; não engana ninguém e só é enganado quem quiser.

      Mas positivo é também o facto do candidato ao Tribunal Constitucional afirmar que um Escrivão de um tribunal “ganha uma miséria” e, por tal motivo, parece-lhe fácil que possa aceitar os tais 3 mil Euros que refere.

      E tem toda a razão.

      Com os vencimentos que os Oficiais de Justiça auferem atualmente, completamente desvalorizados, com uma carreira completamente congelada, com reprovações de coisas tão simples como a integração do suplemento no vencimento ou o pagamento com cada prestação anual (14 vezes em vez das 11 atuais) e com a desconsideração completa dos sucessivos governos, não será de estranhar que qualquer Oficial de Justiça possa cair na tentação de, por muito menos daquilo que mencionou, prestar informações que não devia.

      Os Oficiais de Justiça não são corruptos, mas vivem cada vez mais com maiores dificuldades, muitos dependem do apoio da família, alguns estão completamente endividados e outros até já passaram por processos de insolvência. Para além disso estão completamente desgastados e desmotivados com a profissão, onde já não veem o futuro digno que antes viam, pelo que os cerca de mil euros mensais podem não ser suficientes para pagar todas as suas despesas, especialmente quando estão colocados longe da sua área de residência, custeando um segundo alojamento e demais despesas, mantendo a sua residência, familiares e filhos na origem.

      Portanto, Almeida Costa, apesar da sua intenção limitadora da liberdade de imprensa, não diz nenhum disparate ao afirmar que “um Escrivão de um Tribunal, que ganha uma miséria” pode ser tentado com dinheiro, de um montante qualquer, como, por exemplo, do montante que disse que corresponde a cerca de três vencimentos.

      Concluindo, apesar da injuriosa e difamatória opinião e exemplo dado pelo candidato ao Tribunal Constitucional, que enoja os Oficiais de Justiça, não deixa, o exemplo dado, de ser uma verdade possível, em face da realidade da carreira, constituindo-se, portanto, como um alerta para que se tomem medidas para que nenhum Oficial de Justiça possa, nunca, cair nessa tentação. E para que tal seja viável, obviamente, só com uma carreira em que todos se sintam confortáveis e sem problemas (profissionais ou pessoais), assim sendo fortes para enfrentar, superar e denunciar a corrupção.

      Infelizmente, a falta de atenção àquilo que os sindicatos representativos dos Oficiais de Justiça têm apresentado aos sucessivos governos, como forma de corrigir e mesmo de sarar feridas, a par do simples desprezo a que a carreira foi votada, só pode resultar em problemas que nem a legislação mais especial e repressiva pode segurar.

DinheiroMaos.jpg

      Fontes: “TSF #1” e “TSF #2”.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:09


BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Subscrição por e-mail
Receba todos os dias o artigo do dia no seu e-mail. Peça para:
oficialdejustica.oj.portugal@gmail.com

saiba+aqui

..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos.
Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O princípio da contratação "externa" há muito que ...

  • Anónimo

    Muito bem.Atente-se que:Um quarto em Lisboa (Campo...

  • Anónimo

    É triste escrever isto, mas cá vai. Em caso de dúv...

  • Anónimo

    Informa o núcleo onde fui colocado neste movimento...

  • Anónimo

    E que diz?

  • Anónimo

    "Com cara de quem lhes deve tudo"!O que fazem os M...

  • Anónimo

    Recebi ao final da tarde uma SMS da DGAJ.Mais algu...

  • Anónimo

    👏👏👏

  • Anónimo

    A geração que espera há mais de 2o anos pela pr...

  • Anónimo

    Muita lamúria e pouca ação. Sugiro que os sindical...

  • Anónimo

    Burlados, enganados, vilipendiados, gozados, desco...

  • Anónimo

    Excelente iniciativa tomada pelo SOJ, cuja respons...

  • Anónimo

    Primeira medida:Que todas as medidas sejam logo, d...

  • Anónimo

    Acomodados a organizar eventos e caravanas, alguma...

  • Anónimo

    Os aqui anónimos em conjunto com os autores deste ...

  • Anónimo

    Uma representação sindical que se propõe a disputa...

  • Anónimo

    É verdade! Muita revolta por não ter quem nos defe...

  • Anónimo

    Porque não sabem, não querem saber e saber dá trab...

  • Anónimo

    Por que raio nunca tal foi chamado à colação pelo ...

  • Anónimo

    Faltou referir é que os colegas aí colocados estão...

  • Anónimo

    Já não espero nada desta merda de profissão. Apena...

  • Anónimo

    Ja não espero nada desta carreira.Apenas desilusão...

  • Anónimo

    Faltou-me referir o pessoal que exerce funções no ...

  • Anónimo

    11 meses por ano, e só 10% .Os sindicatos que refl...

  • Anónimo

    Dec Lei 545/99"Artigo 26.ºSuplemento1 - O pessoal ...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................