Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 8 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt
Bem-vindo(a) à página do Diário Digital dos Oficiais de Justiça de Portugal. Aqui encontra todos os dias informação com interesse geral para o mundo da Justiça e em particular para os Oficiais de Justiça. Desfrute!
...............................................................................................................................
FERIADOS MUNICIPAIS NESTA SEMANA:
- 23NOV-Ter - Gavião.
- 24NOV-Qua - Entroncamento e Sines.
- 27NOV-Sab - Guarda.
& pode ver + nos Calendários do Oficial de Justiça para 2021 e também para 2022
...............................................................................................................................


Segunda-feira, 18.10.21

A Vergonha dos Números

      Segundo uma análise feita pela Pordata, com base em dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), quando se assinala o Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza, ter um emprego e um salário em Portugal, não é garantia de não se ser pobre.

      No ano passado (2020) quase 10% dos trabalhadores com emprego em Portugal era considerada pobre, ou seja, vivia com rendimentos inferiores ao limiar da pobreza, que, nesse ano, se situava nos 540 euros mensais.

      De acordo com a Pordata, comparando o ano de 1974 com o ano de 2020, e descontando o efeito da inflação, as pessoas que recebem o Rendimento Mínimo Mensal Garantido (RMMG) (atual designação do Salário Mínimo Nacional), recebem hoje mais 138,70 euros do que em 1974, tendo em conta que nesse ano o SMN/RMMG seria de 582,60 euros e em 2020 de 721,30 euros.

      Trata-se do valor mensalizado, a preços constantes de 2016, obtido dividindo o valor anual (correspondente a 14 meses) por 12 meses.

      Ou seja, em quase 50 anos de democracia, assistimos a uma evolução do salário mínimo que tantos trabalhadores auferem, de quase 140 euros. Note-se bem: menos de 140 euros ao longo de quase 50 anos.

      Mas se o aumento do limite mínimo dos salários teve esse aumento mínimo, e se isso é espantoso, espantem-se ainda mais com a seguinte evolução:

      Com o mesmo cálculo, a Pordata aponta para uma pensão mínima de velhice e invalidez de 260,70 euros em 1974, enquanto que em 2020 esse mesmo subsídio aumentou para 268 euros.

      Ou seja, preste boa atenção: os beneficiários das pensões mínimas de velhice e invalidez do regime geral da Segurança Social recebem hoje praticamente o mesmo que em 1974, tendo havido, nestes quase 50 anos de democracia, um aumento de sete euros no valor das pensões.

      Entre os agregados familiares, é possível concluir que ter filhos é um fator de pobreza, assim como viver sozinho, sendo que em 2019 quase 40% das famílias compostas por dois adultos e três ou mais crianças estavam em risco de pobreza, por oposição aos 26% entre as famílias com um adulto e uma ou mais crianças.

      Viver sozinho também era um fator de vulnerabilidade, que varia consoante a idade da pessoa, já que o risco de pobreza chegava aos 28% entre os idosos com 65 ou mais anos, mas ficava-se pelos 18% entre os adultos com menos de 18 anos.

      Apesar de em 2019 haver registo de mais de 1 milhão e 600 mil pobres em Portugal, o Rendimento Social de Inserção (RSI) só foi atribuído a uma ínfima parte desse valor, mais concretamente a 16,7% dessas pessoas, ou seja, a apenas 267.389 beneficiários.

      Em 2020, foram ainda menos, já que o valor total baixou para 257.939 pessoas, o valor mais baixo desde 2006, sendo que mais de metade são mulheres (52%), e mais de duas em cada cinco pessoas (41%) têm menos de 25 anos. Refere ainda a Pordata que, entre 2010 e 2020, o total de beneficiários decresceu 51%.

      A pobreza também está dentro das escolas e em 2019 mais de 380 mil alunos do ensino público não superior tiveram apoio socioeconómico, e quase 223 mil tiveram refeições subsidiadas pela Ação Social Escolar.

      “O número de beneficiários destes apoios tem aumentado progressivamente, sendo o ano de 2019 aquele em que mais estudantes receberam apoio socioeconómico desde 1981”, refere a Pordata.

      Ao longo destes quase 50 anos de democracia temos sido governados sempre pelos mesmos – sozinhos, em coligação, em geringonça, com ou sem maioria – e os resultados são vergonhosos.

ContentoresLixo+Idosa.jpg

      Fonte: “MadreMedia/Lusa/Sapo24

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:08


12 comentários

De Anónimo a 18.10.2021 às 09:24

Entretanto, vemos fortunas como nunca antes se viram.
Mas não tenhamos ilusões. É para continuar.
Quando vemos a Alemanha com 10% da população no limiar da pobreza, percebemos o todo. Como é possível o país que fabrica a VW, OPEL, Porsche, BMW e Mercedes, ter tantos pobres?
A causa é simples. Ganância e mais ganância. Nunca chega.
E essa ganância não anda só no gestor da grande empresa. Vai ao grande, pequeno e médio investidor.
Todos pressionam o gestor para dividendos ao fim do ano. Todos querem mais e mais. E aí chegamos ao vizinho do lado, ao familiar, ao senhor do café, etc...
Não podemos chegar a um banco e exigir juros mais altos por lá ter as poupanças. Mas podemos, sim, ir a uma assembleia geral de investidores exigir mais e mais.
Ninguém é santo, por aqui.
Mas trabalhar e ser pobre...é das situações mais vergonhosas da atualidade. A prova real, factual, de que falhamos como sociedade.
E trabalhar durante 35/40 anos e acabar com uma reforma igual ou pouco superior à de alguém que nunca fez descontos, é o epítome dessa incompetência de todos os governantes atuais e de todo o mundo.
É por isto que tem que se combater o discurso da proteção de empresas e derivas neoliberais.
Liberais onde? Só se for para eles fazerem o que querem. Porque quem trabalha para eles não vê nada de liberal em trabalhar que nem um escravo e continuar a ser pobre.
Cuidado com certos discursos. A distribuição de riqueza não existe, realmente. Existe sim, é esmola. Dada apenas quando apetece dar.

De Anónimo a 18.10.2021 às 10:17

LIBERALISMO QUE QAUNDO ALGO CORRE MAL, SE SERVE DO ESTADO E LIBERALISMO DE CORRUPTOS!!

De Anónimo a 18.10.2021 às 13:20

Alemanha? Amigo escolheste mal o exemplo...troco o meu salário por metade de um OJ da Alemanha.

De Anónimo a 18.10.2021 às 20:20

Amigo...estou a falar de pobraza e não do teu umbi...digo, salário.
Lê lá o texto na transversal, ao menos.

De Anónimo a 18.10.2021 às 20:21

POBREZA

De Anónimo a 18.10.2021 às 09:27

VERGONHOSO MESMO! Temos sido governados por corruptos, quando, se assim não fosse, podíamos ter um nivel de vida como na Suiça, pois temos clima, mar, etc, condições que nos permitem ter um nivel de vida de "rico" e não de pobreza! Politicos e governates e banqueiros, corruptos que sugam o trabalho dos pobres

De Anónimo a 18.10.2021 às 17:26

É o falhanço como sociedade.
Portugal nunca foi um país rico e nunca vai ser.
Foram 70 anos de ditadura e quando apareceu a democracia já partimos muito atrás.
Depois, em vez de recuperarmos fomos andando ao sabor do vento e liderados por uma elite politica que esteve sempre às ordens da elite financeira e empresarial.
Somos um país a saque nos últimos 40 anos.
Trocámos a pesca e a agricultura por subsídios.
Trocámos o trabalho por subsídios.
E as nossas elites encheram os bolsos com subsídios.
Os pobres são cada vez mais pobres.
Os ricos cada vez mais ricos.
E a classe média cada vez mais pobre.
Nós somos exemplo disso, temos colegas a trabalhar num órgão de soberania a receberem pouco mais que o salário mínimo.
O SNS é uma piada, só tem saúde quem tem dinheiro.
A Justiça é o que nós sabemos.....
O Povão, esse, anda entretido com politiquices, com PS's, PSD's, CDS's e afins.
Para as elites tem sido bom, tem sido um festim.

De Anónimo a 18.10.2021 às 19:25

Trocamos a pesca por subsídios e bem, porque já não existe peixe nos mares suficiente para manter os niveis de consumo. O problema foi como foram distribuídos e utilizados esses subsídios.
Acreditar que era possível manter a atividade piscatória que existia à epoca é ignorar as quotas atribuídas anualmente a cada país que são manifestamente insuficientes para as frotas existentes atualmente.

De Anónimo a 18.10.2021 às 18:40

Um destes dias levo para o tribunal a minha mochila da Uber eats, só para o pessoal ver que não estou a brincar quando digo que faço entregas depois das 17h!

De Anónimo a 18.10.2021 às 19:16

Força aí nas entregas. Infelizmente tem de ser. Mas sempre de cabeça erguida, ok!?

De Anónimo a 18.10.2021 às 21:12

Se metade dos que aqui comentam, alguns nem escrever corretamente sabem, forem oficiais de justiça, entao algo vai muito mal.

De Anónimo a 19.10.2021 às 14:39

Diz o roto ao nu...

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Subscrição por e-mail
Receba todos os dias o artigo do dia no seu e-mail. Peça para:
oficialdejustica.oj.portugal@gmail.com

saiba+aqui

..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos.
Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2021

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    https://observador.pt/2021/11/26/juizes-classifica...

  • Jota Man

    Está mal os gastos com remunerações dos oficiais d...

  • Anónimo

    É só fazer as contas! Um aumento da despesa em 202...

  • Anónimo

    PARABÉNS AOS AUTORES DESTA PÁGINA

  • Anónimo

    E ainda recebem cerca de 4 euros de subsidio de al...

  • Anónimo

    Quando começarem a contratar paquistaneses e india...

  • Anónimo

    saida as 17.00 h p......q......p........

  • Anónimo

    vivemos na escravatura encapotada e alimentada pel...

  • Anónimo

    ehheeh, triste comentário este!!! pois só não faz ...

  • Anónimo

    Desde quando é que envelhecimento é assim tão mau ...

  • Anónimo

    Ingressos na carreira?!.. Concursos publicos sem c...

  • Anónimo

    A Inês Sousa Irreal, do PAN, já veio dizer que con...

  • Anónimo

    Uma luta dura e longa se necessario com recurso à ...

  • Anónimo

    O primo de amigo meu que tem um tio que é amigo de...

  • Anónimo

    Pela forma jovial e risonha em que a Sra MInistra ...

  • Anónimo

    É só blá...blá...blá...blá.Despachar processos e q...

  • Anónimo

    Juízes e Procuradores deviam ter vergonha, que com...

  • Anónimo

    Tu dá-lhes !!Lol

  • Anónimo

    EHEHEH tem tudo a ver com a criação do universo

  • Anónimo

    O que é que este post tem a ver com o artigo?

  • Anónimo

    “O último degrau da sabedoria é a humildade”, infe...

  • Anónimo

    Tente lembrar o colega quantos entraram com Costa,...

  • Anónimo

    CHEGA mesmo!

  • Anónimo

    " tática terrorista" dos governantes que temos tid...

  • Anónimo

    oj´s não existem eheheh só para trabalhar quase de...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................