Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Esta página é uma iniciativa informativa DIÁRIA especialmente vocacionada para Oficiais de Justiça. De forma independente da administração da justiça e dos sindicatos, aqui se disponibiliza a informação relevante com um novo artigo todos os dias.



Pode ouvir por aqui rádio com música alternativa não massiva e sem publicidade
oficialdejustica.blogs.sapo.pt
FÉRIAS JUDICIAS DE VERÃO:
Decorre entre 16 de julho e 31 de agosto o período de férias judiciais de verão. Nesta altura decorrem também as férias pessoais dos Oficiais de Justiça, no entanto, os tribunais e os serviços do Ministério Público permanecem sempre abertos durante todo o período embora com algumas restrições de serviço em face das férias pessoais de muitos e das limitações legalmente impostas.


FERIADOS MUNICIPAIS NESTA SEMANA:
- 16JUL-Seg - Carregal do Sal e Paredes
- 17JUL-Ter - Penacova
- 18JUL-Qua - Nordeste
- 22JUL-Dom - Madalena e Porto Moniz
& pode ver + no Calendário do Oficial de Justiça 2018

PERMUTAS PARA OFICIAIS DE JUSTIÇA
Veja se lhe interessam os pedidos existentes (já lá foram colocados mais de uma centena de anúncios) e envie o seu, caso esteja interessado nesta forma de mobilidade. Mesmo que ainda não esteja em condições para usar esta faculdade, sempre pode estabelecer contacto e ir combinando. Seja qual for a sua categoria ou carreira, divulgue o seu pedido e espere para ver se a alguém interessa.
Todos os contactos são realizados através do e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt

Consulte a lista dos pedidos através do “botão” que encontra no cabeçalho da página, com a designação de: “Permutas”, aí encontrando também alguns esclarecimentos sobre esta modalidade alternativa às movimentações ordinárias ou extraordinárias, destacamentos, recolocações…
saiba+aqui

Oficial de Justiça Últimas Publicações:

Quarta-feira, 09.08.17

Após 3 décadas de provisoriedade num espaço para um restaurante

      O Tribunal de Sesimbra (Juízo de Competência Genérica e Ministério Público) funciona em instalações provisórias há mais de trinta anos, "num edifício que foi projetado para ser um restaurante", partilhando a entrada com o prédio de habitação.

      No átrio do edifício, onde está instalado este Juízo, próximo da praia, cruzam-se "moradores e turistas com utentes, funcionários do tribunal e arguidos". O espaço é partilhado pelos serviços judiciais e por quem ali habita. "Por outro lado, não existem salas para os arguidos, nem acessos próprios para os mesmos; ou seja, presos têm de se cruzar com testemunhas, advogados, utentes, etc.", lia-se numa nota interpelativa do PCP ao Governo no ano da reorganização judiciária.

      Naquela altura, segundo aquele partido, "chove dentro dos gabinetes, e as janelas são tapadas com fita adesiva", sendo que "o único acesso à sala de audiências atravessa o gabinete dos juízes". "Não há salas para os advogados e existe apenas uma sala de audiências. Neste contexto, não é de estranhar que a acumulação de processos pendentes já esteja em 12 mil", acrescentava.

      Numa reportagem televisiva, Susana Ferreira, na altura juiz presidente, dizia que já se habituara aos problemas, tal como todos os demais que lá trabalhavam. No seu gabinete, com uma grande varanda, as portas raramente se abrem e estão vedadas com fita-cola, para não deixar passar o vento, que por ali é forte. As fichas dos computadores não podem estar no chão, porque quando chove entra água e há o risco de se molharem, por isso estão devidamente arrumadas dentro de caixas, ao lado das mantas que já passam lá o ano e que servem para absorver a água que vai entrando.

      "Estamos aqui provisoriamente desde 1985", explica a magistrada, com um toque de humor, e como quem diz que "o que não tem remédio, remediado está". Estão prometidas obras, mas serão faseadas e só lá para o final de agosto estarão concluídas. E serão apenas obras de manutenção. Mudança de caixilharias, chão, fissuras e, esperam, reparação do ar condicionado.

      O Tribunal de Sesimbra não era prioritário, porque iria perder as suas valências de sede de comarca e parte das suas competências com a reorganização judiciária de 2014.

      Esta situação de provisoriedade no espaço do restaurante parece que, finalmente, se irá alterar nos próximos anos.

      A Câmara Municipal de Sesimbra e o Instituto de Gestão Financeira e de Equipamentos da Justiça (IGFEJ) acabam de assinar um protocolo para a construção de um Palácio da Justiça de Sesimbra, num terreno doado pela autarquia.

      Com base neste acordo, a Câmara Municipal elaborará os projetos de arquitetura e de especialidades do edifício, de acordo com o programa do Instituto que gere os equipamentos da justiça, fará a fiscalização técnica da empreitada, os arruamentos, estacionamentos, infraestruturas e respetivas ligações de água, esgotos, eletricidade e telecomunicações, bem como os arranjos exteriores, assumindo os encargos daí decorrentes.

      A construção, que ficará a cargo do IGFEJ, é uma obra que há muito se reivindica pelos cidadãos e pela Câmara Municipal de Sesimbra, uma vez que o Juízo de Competência Genérica e os serviços do Ministério Público, funcionam há vários anos em três frações autónomas, no Empreendimento da Falésia e na Rua Navegador Rodrigues Soromenho, duas das quais são propriedade do Estado Português e a terceira é arrendada.

      "Estas instalações apresentam deficiências de espaço e de funcionalidade que não podem ser colmatadas com a remodelação, o que exige a construção de um edifício de raiz", explica a autarquia.

      A construção do Palácio da Justiça de Sesimbra, que ficará junto à Moagem de Sampaio, implica um conjunto de alterações à rede viária, que facilitará a circulação na zona e o acesso ao novo equipamento.

MoagemDeSampaio.jpg

      Fontes: “ADN, Agência de Notícias”, “RTP” e “Oficial de Justiça”.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:09


4 comentários

De Olivia a 09.08.2017 às 15:33

Gostaria de perguntar ao Sr. Oficial de Justiça que escreve neste blog, qual a sua opinião relativamente às ações que estão em Tribunal em relação ao concurso de oficiais de justiça. Acha que os pepac que concorreram e obtiveram aprovação podem estar descansados que tudo irá correr bem, ou será que ainda podem ser excluídos?

De oficialdejustica a 09.08.2017 às 15:38

Olívia, a pergunta seria mais certeira se fosse colocada aos dois sindicatos que são autores das ações. No entanto, como pede apenas uma opinião, aqui vai: creio que os candidatos PEPAC podem estar descansados.

De Anónimo a 09.08.2017 às 15:57

Senhor Oficial de Justiça,
Como funcionam os escalões remuneratórios?

De oficialdejustica a 10.08.2017 às 03:20

Não funcionam e já não funcionam há muito tempo. Aguarde para ver como e se irão funcionar para o ano, como parece que poderá acontecer, uma vez que o Governo pensa em descongelar isto.

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt .................................................. PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    - Quem vai impugnar contenciosamente este moviment...

  • Anónimo

    De direito.

  • Anónimo

    auxiliares ou de direito??

  • Anónimo

    Ah ah ah ah...que desespero! Mas pode ser que tenh...

  • Anónimo

    Porquê?

  • Anónimo

    Resolução fundamentada grande amiga!

  • Anónimo

    Parece que há um grupo de escrivães que vai interp...

  • Anónimo

    Não podem concorrer, não existe lugar de origem pa...

  • Anónimo

    Têm um Estatuto? De quê, só de deveres?

  • Anónimo

    Façam greve a esse trabalho para além do horário n...

  • Anónimo

    Curiosidades/dúvidas deste movimento:O nosso Centr...

  • Anónimo

    A mensalidade.....?!! É isso mesmo....(a mensalida...

  • Anónimo

    Onde está mensalidades deve ler -se mentalidades.

  • Anónimo

    "Summum ius, summa iniuria", foi uma frase de Cíce...

  • Anónimo

    Summum ius, summa iniuria !!!

  • Anónimo

    Havia alguém que dizia: Tal dinheirito tal trabalh...

  • Anónimo

    Porquê?

  • Anónimo

    Os secretários de justiça sem lugar de origem e qu...

  • Anónimo

    O que efectivamente foi importante : promover proc...

  • Anónimo

    ahahahahahahahahahahahahaha

  • Anónimo

    Penso que deveria escrever assim: "A maioria das p...

  • Anónimo

    “ (… ) regime de avaliação (leia-se conformação co...

  • Anónimo

    A megacrimes correspondem megaprocessos que deveri...

  • Anónimo

    Julgo que terá sido este instrumento - anulação ad...

  • Anónimo

    É o que consta. Só que nesse caso como é que se po...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no "Google+", ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- Google+

    7- Assinantes por "e-mail"






    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................