Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 7 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

...............................................................................................................................
| | | - COVID-19
[1] - Compilação de Sugestões de Medidas de Proteção Práticas para Oficiais de Justiça
[2] - Consulte aqui os dados oficiais diários atualizados da DGS e infografias
[3] - Consulte também aqui, em primeira mão, as notícias que a agência Lusa fornece para a comunicação social, entretanto com acesso gratuito

...............................................................................................................................

Sexta-feira, 21.02.14

Aumentam as Queixas contra Advogados

      O presidente do Conselho Distrital de Deontologia de Lisboa da Ordem dos Advogados, Rui Santos, disse à TSF que no ano passado verificou-se um aumento do número de queixas apresentadas contra os advogados. No entanto, sublinhou que o facto de existirem “participações não quer dizer que os advogados visados tenham cometido qualquer infração”.

      O dirigente explicou que os clientes apresentam queixas por diversas razões, tais como a “falta de julgamento”, o entendimento de que “há excesso de linguagem nas peças que os advogados fazem”, existindo ainda casos em que os “clientes particulares perdem os processos e depois culpam os advogados” e até queixas contra os honorários apresentados.

      Em Lisboa, escreve a rádio Renascença, é feita uma média de oito participações por dia, uma situação muito semelhante à que se verifica no Porto. Nos dois distritos as queixas continuam a aumentar, ao contrário do que se passa em Coimbra, onde se registou uma estabilização.

      O presidente do Conselho Distrital de Deontologia do Porto, António Ferreira de Cima, disse à TSF que a “austeridade e a situação da vida económica no país e das pessoas também levou ao aumento do número de queixas porque as pessoas agarram-se a tudo”.

      A pendência de processos disciplinares oriundos dos três maiores distritos (Lisboa, Porto e Coimbra) ronda os 5000.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:21


10 comentários

De Paulo Sergio Pereira de Sousa a 22.07.2016 às 23:30

breve vai denunciar as burlas e mais dos Advogados !

De jose carlos ribeiro alfarroba a 23.07.2016 às 17:50

Uma vergonha o que se passa na Ordem dos Advogados, Deontologia e Conselho Superior, defendem criminosos que fazem da justiça um negócio, incluindo a troca de favores em que condenam inocentes, isto não é uma justiça mas sim a vingança de muitos incapazes, sou uma das vitimas disto tudo, já recorri á Bastonária, mas nada vale, pois ela remete tudo para a Ordem de Advogados, de quem nos queixa-mos, um ciclo vicioso dum Polvo, mas mais Mnistérios Públicos e Procuradores estão todos ao serviço de bandeiras de Partidos e não da unica Bandeira que nos unia, a Bandeira de Portugal, a Justiça está cheia de criminosos, que negoceiam vidas humanas, tantos milhares de suicidios que já causaram e continuam impunes, GRAÇAS AO POLVO DA MÁFIA JUDICIÁRIA ....

De paulo sousa a 19.09.2016 às 23:11

A Máfia dos Advogados é de facto muito forte e nunca deixa de proteger os seus. Mas mais tarde ou mais cedo será destruída.

De A a 27.07.2016 às 17:12

Tem tudo a ver com os clientes? Os comentários dos presidentes dos Conselhos Distritais de Deontologia apontam nesse sentido. Mas há sempre dois lados e, se os clientes andam mais exigentes, também há cada vez mais advogados, cada vez com menos experiência, numa profissão onde a Ordem exerce pouco controlo sobre a qualidade dos serviços prestados.

De paulo sousa a 19.09.2016 às 23:10

A Máfia dos Advogados é de facto muito forte e nunca deixa de proteger os seus. Mas mais tarde ou mais cedo será destruída.

De paulo sousa a 19.09.2016 às 23:16

prisão com eles...sem excluir o próprio CDOA ( Conselho de Deontologia da Ordem dos Advogados ) que em vez de os condenar protege-os das suas acções criminosas.

De oficialdejustica a 19.09.2016 às 23:46

As considerações aqui tecidas por alguns intervenientes comentadores a este artigo refletem um estado de espírito alterado, proferindo injúria dirigida a todos os advogados, sem exceção.

São posições extremas e ignorantes. Ignorantes porque ignoram, isto é, desconhecem, não sabem, e não sabem porque não querem saber que, quase diariamente, são analisadas muitas queixas sobre advogados e decididas punições diversas aos advogados que não possuem uma atuação condigna com a sua profissão.

As punições são diversas, havendo multas, suspensões do exercício da profissão durante anos e mesmo a expulsão da Ordem. E isto acontece com muita frequência porque os órgãos disciplinares da Ordem dos Advogados atuam dentro das suas atribuições, isto é, disciplinarmente, e fazem-no de acordo com as regras pré-estabelecidas numa sociedade civilizada. Ou seja, não se faz, como em certos países, com o apedrejamento ou com as chicotadas públicas do indivíduo apenas porque alguém apresenta uma queixa, apenas pelos indícios ou apenas porque a alguém não lhe parece bem determinada coisa.

As queixas são tratadas e há sempre o direito de defesa e do contraditório para, a final, ainda que demore, se possa chegar a uma conclusão justa, acertada e civilizada, isto é, longe da barbárie.

Felizmente neste país ainda é assim; nem sempre foi assim e não sabemos se continuará a ser assim, em face da ascensão do populismo da extrema-direita por toda a Europa, Europa que já esqueceu como ocorreu a ascensão do Hitler, por exemplo, entre tantos outros fascistas que agora revivem diariamente, por todo o lado, encarnados também aqui, nos comentários como os que se podem ler.

Para além das queixas de caráter disciplinar, há ainda as queixas de caráter criminal e também aqui temos o Estado, representado pelo Ministério Público, a acusar, quando devido, advogados pela prática de crimes, quando os haja, ou a arquivar quando os não haja. É assim que deve ser e não acusar ou punir tudo o que mexe desde que seja advogado porque há um indivíduo qualquer que acha que deve ser assim. Poderá ser assim, e até é mesmo assim, noutros locais do planeta, noutros países, mas, felizmente, ainda não é assim neste país.

Neste país a Justiça tarda e nem sempre acerta e quando não pode acertar absolve, porque quando não se tem a certeza absoluta; mais vale absolver, porque mais vale um culpado à solta do que um inocente preso, como sucede, por exemplo, vezes demais, nos E.U.A. que absolvem indivíduos depois de estarem 30 anos presos e mesmo depois de estarem mortos por os terem condenado à morte.

Neste país a Justiça é diferente e ainda bem que assim é, embora esta diferença cada vez seja menos do agrado de uma maioria que vai crescendo, rude, ignorante, que generaliza e que é muito perigosa.

De Anónimo a 05.05.2019 às 09:59

Plenamente de acordo com todos os vossos comentários, é a vergonha do nosso país, já não existe justiça, também sou vitima desse jogo podre

De Anónimo a 05.05.2020 às 21:08

Eu fiz uma queixa à Ordem dos Advogados em novembro de 2017 sobre um caso em que fui muito mal representado pela advogada que contratei e que prejudicou a minha defesa ao não convocar as testemunhas que indiquei como também me enganou ao usar o Ministério Público como melhor forma de vir a condenar a acusada que cometeu o crime de gestão danosa ao condominio que represento em vez de prosseguir com a minha intenção em avançar com um processo crime contra ela. Chegou inclusive a convencer-me a alterar de processo crime para processo cível porque a acusada se tratava de uma solicitadora muito conhecida na área.
Já estou farto de enviar cartas registadas para a Ordem de Deontologia do Porto e atualmente emails a pedir esclarecimentos sobre as diligências que realizou relativamente a esta queixa e até agora não obtive qualquer resposta. O que posso fazer relativamente a este comportamento da Ordem?

De oficialdejustica a 05.05.2020 às 23:46

Nota: este conselho nada tem a ver com o seu caso, é um conselho genérico à pergunta que qualquer um pode fazer: como queixar-se de uma ordem profissional? Que fazer quando se acha que não está a ser feita justiça?

Sempre que qualquer cidadão se sinta injustiçado e sem saber que fazer, pode sempre recorrer ao Provedor de Justiça = http://www.provedor-jus.pt/

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Claro que na sua cabeca a vida da colega e de todo...

  • Anónimo

    ainda bem ... convenhamos que o novo estatuto prop...

  • Anónimo

    Quem dera que fosse apenas nesse oeste. É geral.

  • Anónimo

    Uma oficial de justiça da Amadora está infetada co...

  • Anónimo

    Quanto á a implementação de apropriados modelos de...

  • Anónimo

    Concordo com o comentário. Daqui a pouco mais de ...

  • Anónimo

    Início das negociações do novo Estatuto. 7 de maio...

  • oficialdejustica

    A opção de gravar os endereços de IP dos comentado...

  • Anónimo

    Oh colega, deixe lá os goticologistas falar. Estav...

  • Anónimo

    Tenho lido algumas resposta de Oficiais de Justiça...

  • Anónimo

    Falar mais alto produz mais gotículas, apontam ain...

  • Anónimo

    "Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta...

  • Anónimo

    As fontes referidas deveria ter dito:Lei n.º 16/20...

  • Anónimo

    "Ora, nada disto sucede com a viseira que cobre to...

  • Anónimo

    Os "convidados" e as "convidadas", este sim é um t...

  • Anónimo

    Bom dia a todos.Eu acho que todos trabalhamos quer...

  • Anónimo

    Esqueceu-se é de dizer que tb pode ter que substit...

  • Anónimo

    Boas,Quem assim diz… Está errado.A categoria de ad...

  • Anónimo

    “retoma dos prazos e das diligências presenciais.“...

  • Anónimo

    Dizem que o adjunto só deve cumprir despachos.E o ...

  • oficialdejustica

    Trata-se da reprodução de uma notícia num órgão de...

  • oficialdejustica

    O Anónimo de 31-05-2020 às 14:47 reage ao insulto ...

  • oficialdejustica

    O Anónimo de 31-05-2020 às 10:47 deve abster-se de...

  • Anónimo

    Muito pior é colocar à frente de administração de ...

  • Jota Man

    É estatística feita e analisada por quem não sabe ...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"






    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................