Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 9 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt
Bem-vindo(a) à página do Diário Digital dos Oficiais de Justiça de Portugal. Aqui encontra todos os dias informação com interesse geral para o mundo da Justiça e em particular para os Oficiais de Justiça. Desfrute!
...............................................................................................................................
FERIADOS MUNICIPAIS NESTA SEMANA:
- 20JAN-Qui - Santa Maria da Feira.
- 22JAN-Sab - São Vicente e Vila do Bispo.
& pode ver + no Calendário do Oficial de Justiça para 2022
...............................................................................................................................

Quinta-feira, 25.11.21

Cada vez mais velhos

      “A percentagem de funcionários públicos com 55 ou mais anos duplicou numa década, entre 2010 e 2020, passando de 16% para 30,7%, e o problema do envelhecimento da administração pública tenderá agudizar-se, antevê um especialista ouvido pela Lusa.

      No mesmo período, segundo os dados do Boletim Estatístico do Emprego Público (BOEP), os trabalhadores das administrações central, regional e local com até 34 anos recuaram de 21,2% para 12,7%.

      Esta evolução na estrutura etária dos trabalhadores da administração pública levou a que a idade média do conjunto dos funcionários públicos chegasse a 31 de dezembro de 2020 (últimos dados disponíveis) a rondar os 47,7 anos (ou os 48,7 anos se se descontarem as forças armadas e de segurança), acima dos 43,8 anos observados na mesma altura pelo conjunto da população ativa e longe também dos 43,6 registados uma década antes.

      Para Miguel Lucas Pires, professor na Universidade de Aveiro e com investigação na área do Direito da Administração Pública, o envelhecimento da administração pública, tendo "raízes antigas", agravou-se no período de intervenção da 'troika' e tenderá a agudizar-se perante a dificuldade em travá-lo.

      Após as fortes restrições à contratação durante os anos em que o país esteve sob resgate financeiro, o que impediu a entrada de pessoas mais novas, outras medidas, ainda que de menor alcance, entretanto tomadas, têm também travado o rejuvenescimento da administração pública.

      Neste contexto, Miguel Lucas Pires aponta o aumento da idade da reforma em função da esperança média de vida, que vai retendo as pessoas por mais tempo, bem como a medida que veio possibilitar que se trabalhe além dos 70 anos, ou a fraca adesão às pré-reformas.

      Aludindo ao caso dos professores do ensino básico e secundário – onde um estudo de diagnóstico, recentemente divulgado, aponta para a necessidade de 34,5 mil contratações nos próximos anos, para fazer face às aposentações –, Miguel Lucas Pires refere que este é um problema que se verifica noutros setores, nomeadamente, aponta, no ensino superior.

      Inverter esta tendência de envelhecimento, refere o especialista, não será fácil, devido à fraca atratividade da política remuneratória da função pública e da progressão nas carreiras.

      No caso da Tabela Remuneratória Única (TRU) lembra que as únicas alterações que se têm verificado têm sido na sua base e por força da atualização do salário mínimo nacional.

      "E a questão da progressão na carreira que é muito lenta", acrescenta, acentuando que "é preciso que o trabalhador tenha dez pontos na avaliação de desempenho" para progredir, o que faz com que muitas vezes "isso aconteça apenas ao fim de sete, oito, nove ou dez anos".

      "A única forma de contornar o problema é recrutando trabalhadores novos", aponta, salientando que, para que isso aconteça, "é preciso criar condições que atraiam os potenciais interessados", e também criar meios mais expeditos de recrutamento.

      Apesar de todos os subsetores das administrações públicas apresentarem no final de 2020 um índice de juventude inferior a 100 – o que significa que o número de trabalhadores com menos de 40 anos é inferior ao número de trabalhadores com 40 e mais anos de idade, este indicador, refere o BOEP, "é particularmente baixo nos fundos da segurança social, para o qual a idade média é também a mais elevada: em dezembro de 2020, por cada 100 trabalhadores com mais de 40 anos registam-se apenas 6,9 trabalhadores com menos de 40 anos de idade".

      O índice de renovação era no final de 2020 de 23,2, longe dos 51,6 registados no final de 2011 – primeiro ano para o qual o BOEP apresenta este dado.

      Por carreiras, o BOEP mostra que a idade média dos trabalhadores supera o valor global de 47,7 anos entre os assistentes técnicos e os assistentes operacionais (com 50,2 e 50, 4 anos, respetivamente), magistrados (49,7 anos), docentes universitários (49,4 anos), professores do ensino básico e secundário (50,9 anos), pessoal de investigação (50,4 anos), administração tributária e aduaneira (53,8 anos) ou ainda os oficiais de Justiça (51,1 anos) e os oficiais dos Registos e do Notariado (55,3 anos).

      Para Miguel Lucas Pires, a questão das remunerações e da evolução na carreira poderá ser um problema no recrutamento de pessoas para as carreiras mais qualificadas, porque "no privado as condições são tendencialmente mais favoráveis".

      Junto das menos qualificadas, acredita, o problema é menos relevante devido às condições oferecidas pela administração pública como a estabilidade do vínculo ou a proteção social acrescida.”

Maos=Velha+Nova.jpg

      Fonte: Reprodução de artigo do "Jornal de Notícas".

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:05


7 comentários

De Anónimo a 25.11.2021 às 10:32

Pela forma jovial e risonha em que a Sra MInistra Leitão se referiu ao assunto, não me parece que esteja muito preocupada com isto.

Aquela postura, a mim, não engana. Está ali para fazer cortes e obedecer cegamente ao Leão.

E é o que tem feito desde o primeiro dia.

Entre um Leitão e um Leão...quem haveria de mandar???

Há pessoas que são escolhidas exatamente pela sua forma dissimulada de fazer certas coisas, parecendo que fazem outras.

De Anónimo a 25.11.2021 às 20:13

O primo de amigo meu que tem um tio que é amigo de uma senhora que tem uma irmã que vive no mesmo prédio onde vive a empregada de uma pessoa muito bem colocada lá em Lisboa, disse-me que o Ministério da Justiça, tendo em vista a renovação dos quadros e o preenchimento das vagas desertas, vai começar a contratar pessoal do Bangladesh e do Paquistão para os Tribunais. E indianos também.
Mão de obra barata, trabalham bem, nunca reclamam, comem pouco e nem sequer se importam de dormirem 15 ou 20 no mesmo quarto.

De Anónimo a 25.11.2021 às 20:16

A Inês Sousa Irreal, do PAN, já veio dizer que concorda ...

De Anónimo a 25.11.2021 às 20:13

Uma luta dura e longa se necessario com recurso à bomba inteligente!

Os anos vão passando e a média de idades vai aumentando.

De bengala passamos a andar com recuso a andarilho mas a disponibilidade continua permanente.

A luta continua, juntos somos mais fortes, mas vamos fazer uma pausa para participar na caravana da campanha eleitoral que se avizinha.

De Anónimo a 25.11.2021 às 22:16

Ingressos na carreira?!..
Concursos publicos sem candidatos!
Oficial de Justiça provisório, 785,00 euros, mesmo com horas extraordinárias, sem limite, não remuneradas.

Preferem apanhar cerejas!

"Fundão aposta na criação de condições para acolher imigrantes
Imigrantes chegam da Bulgária, Roménia, Índia e Nepal.

Grande parte dos trabalhadores sazonais são estrangeiros. Chegam da Bulgária, Roménia, Índia e Nepal. São recrutados, na maioria dos casos, através de empresas de trabalho temporário com contratos ao ritmo das colheitas, 3 meses em média, mas há quem fique por mais tempo.

O ordenado base é o salário mínimo nacional, mas o rendimento mensal poderá chegar aos 900 euros contabilizando as horas extraordinárias e prémios de produtividade em algumas explorações agrícolas.

A região tem apostado na criação de condições para acolher os imigrantes na tentativa de controlar situações de exploração laboral. A autarquia do Fundão criou há cerca de cinco anos um centro de acolhimento de trabalho temporário e há casos de empresas de recrutamento de trabalhadores que asseguram estadias e dão apoio jurídico"

De Anónimo a 26.11.2021 às 09:39

Desde quando é que envelhecimento é assim tão mau que dá origem a este comentário? Muitos colegas que se aposentaram sabem bem do que falo; antes eram úteis nos tribunais, agora, alguns ainda com idades nos sessenta e poucos anos andam de café em café, sem saber o que fazer porque têm pudor em ir para os tribunais com receio de ouvir alguma coisa que não gostam!

De Anónimo a 26.11.2021 às 10:42

ehheeh, triste comentário este!!! pois só não faz de útil depois da aposentação dos tribunais, quem é mesmo vazio de cabeça meu caro! se é o seu caso então deixe-se ficar nos tribunais até morrer aos cento e tal anos

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Subscrição por e-mail
Receba todos os dias o artigo do dia no seu e-mail. Peça para:
oficialdejustica.oj.portugal@gmail.com

saiba+aqui

..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos.
Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2021

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    20 x 1 000 000€ (quotas) = 20 000 000€ É muito gan...

  • Anónimo

    Se não houvesse Sindicato não havia 10% para negoc...

  • Anónimo

    Resposta:Se se aumentar o ordenado mínimo, menos s...

  • Anónimo

    20 anos a negociar a integração dos 10%, sim senho...

  • Anónimo

    Verdade

  • donzilia santos

    Tendo em conta o último parágrafo do texto e o grá...

  • Anónimo

    E a CORRUPÇÃO????

  • Anónimo

    Toda a direita, da extrema à moderada, está refém ...

  • Etan Cohen

    Não vê como anda muita gente escandalosamente enga...

  • Anónimo

    Por outras palavras...só temos o que merecemos. Ab...

  • Anónimo

    É triste assistirmos a este declínio da sindicaliz...

  • Anónimo

    Eu passei num local da minha cidade no qual, só de...

  • Anónimo

    Está a brincar mas a verdade é que quando eles sou...

  • Anónimo

    Lol

  • Anónimo

    Comentário com muitos erros. Vejamos:Onde diz coop...

  • Anónimo

    não sabes o que dizes, vivem bem melhor que tu!!

  • Anónimo

    Basta um razoável contabilista e está tudo feito!!...

  • Anónimo

    Muitos declaram 600 euros mês de rendimento e os f...

  • Anónimo

    Boa tarde,O cooperativismo em todas as classes é n...

  • Anónimo

    ... moral das histórias?País de coveiros e de ador...

  • Anónimo

    Nada que em 2026, com 900€ de ordenado mínimo, não...

  • Anónimo

    Ora aí estamos nós numa carreira de ordenado mínim...

  • Anónimo

    Claro!Não esquecendo de viver o presente, e corren...

  • Anónimo

    Muito sensivel o/a carissimo/a!Ou será lambebotist...

  • Anónimo

    Com todo o respeito por aqueles cuja nacionalidade...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................