Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 8 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt
Bem-vindo(a) à página do Diário Digital dos Oficiais de Justiça de Portugal. Aqui encontra todos os dias informação com interesse geral para o mundo da Justiça e em particular para os Oficiais de Justiça. Desfrute!


Segunda-feira, 13.09.21

Dispensa ao serviço para campanha nas eleições autárquicas

      A partir de amanhã, 14SET, começa o período de campanha eleitoral para as autarquias. Este período de campanha termina no dia 24SET.

      Há imensos Oficiais de Justiça envolvidos nestas eleições autárquicas, inseridos nas listas para os vários órgãos autárquicos a eleger no próximo dia 26SET.

      Muitos dos Oficiais de Justiça que participam como candidatos nestas eleições, estão nas listas em lugares onde dificilmente serão eleitos, mas alguns estão a encabeçar listas ou colocados em lugares onde detêm grande probabilidade de virem a ser eleitos.

      É certo que a esmagadora maioria vai continuar a exercer funções nos tribunais e nos serviços do Ministério Público, alguns passarão a exercer os cargos para os quais foram eleitos a tempo parcial e poucos a tempo inteiro.

      Independentemente dos resultados futuros, o que é certo é que todos esses Oficiais de Justiça estão nas diversas listas porque são pessoas com muito boa reputação nas suas localidades e, por tal motivo, por serem consideradas pessoas idóneas para o exercício de cargos públicos, são cooptadas por todos os partidos políticos.

      Cada vez mais os partidos políticos constroem as suas listas recorrendo a Oficiais de Justiça. Em algumas listas chega mesmo a haver vários elementos da mesma secção e, se isso é muito positivo, é, ao mesmo tempo, um problema.

      O período da campanha eleitoral permite que todos os candidatos efetivos e alguns dos suplentes (no número legalmente fixado para suplentes para cada lista) se ausentem do serviço para participar na campanha eleitoral: de 14 a 24 de setembro.

      Se em algumas secções vai faltar apenas um, ou dois elementos, noutras faltarão mais, deixando a secção bastante desfalcada.

      Perante esta situação, tivemos notícia de que em alguns serviços existiu já alguma pressão das chefias para que os Oficiais de Justiça não participassem, pelo menos todos os dias, na campanha, com a alegação de que prejudicarão o estado dos serviços e que este é um mau momento, de arranque e acumulação, etc.

      Claro que essa pressão é ilegítima e não pode ser aceite, tal como nenhum dos argumentos. Os Oficiais de Justiça que detenham certidão que comprove a sua qualidade de candidato, em qualquer lista e independentemente das possibilidades de eleição, estão automaticamente dispensados para todo o período que dure a campanha. E quando se diz automaticamente quer-se dizer isso mesmo.

      Note-se bem que os Oficiais de Justiça não têm que apresentar requerimento a pedir a dispensa ao serviço nesses dias; os Oficiais de Justiça têm apenas que informar que se ausentarão ao serviço naqueles dias, isto é, informar e não requerer, porque ninguém pode indeferir ou mesmo deferir essa ausência fixada por lei.

      Coisa diferente é o Oficial de Justiça ser solidário com os seus colegas e ponderar as suas ausências em razão dessa solidariedade para com os seus colegas, ajustando as suas ausências a essa solidariedade para tentar minimizar a sobrecarga que poderá existir para com quem trabalha, lado a lado, durante tantos anos.

      Ausentem-se todos os dias ou só alguns, seja qual for a decisão que tomem os Oficiais de Justiça candidatos, o que é certo é que o direito a essa ausência (cfr. artºs. 8º e 47º da Lei Orgânica 1/2001 de 14AGO) é um direito que ninguém, a não ser o próprio, pode afastar. Haverá atrasos na tramitação dos processos? Claro que haverá. Paciência!

      Convém ainda notar que esta ausência ao serviço não implica nenhum corte remuneratório, pelo que os próximos 9 dias úteis serão pagos na íntegra como se o ausente estivesse ao serviço no seu local de trabalho, igualmente não tendo qualquer impacto nas contagens de serviço para aposentação ou antiguidade.

      O Oficial de Justiça que não esteja no seu local de trabalho, não deixa de estar a exercer serviço público; aliás, está mesmo a realizar um precioso trabalho público de manutenção da democracia, trabalho este que não pode ser atropelado com interpretações economicistas ou de atingimentos de objetivos estatísticos ou seja lá de que tipo for, como é tão comum hoje em dia: desleixar-se os princípios basilares da democracia, mantendo o foco em aspetos menores transitórios.

IntrigadaComMascara.jpg

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:03


8 comentários

De Anónimo a 13.09.2021 às 09:51

Muito bem!

De Anónimo a 13.09.2021 às 13:21

obrigado, muito elucidativo, esta tudo aqui so falta uma coisa que e dizer em quem votar

De oficialdejustica a 13.09.2021 às 13:35

Agradecemos a apreciação. É mesmo isso que fazemos há anos: infomar, informar, informar, especialmente quando esse tipo de informação não está em mais lado nenhum.
Se só falta dizer em quem votar, de facto falta mas... talvez não falte muito porque ainda recentemente explicamos em quem não votar, que é quase como dizer em quem votar...

De Anónimo a 13.09.2021 às 14:54

É melhor o autor do blog começar a fazer um desenho...
De resto, um grande abraço ao colega que diariamente dedica um período de tempo da sua vida a informar uma classe que muitas vezes não tem todos a remar para o mesmo lado.
Não passa um dia em que não venho aqui e sempre que posso e tenho opinião não deixo de participar na caixa de comentários.
Incentivo todos os dias os colegas a perderam um bocadinho de tempo e em vez de navegarem por páginas de redes sociais muitas vezes sem conteúdo podem pelo menos dar o apoio moral a quem não tem nenhuma obrigação de fazer o que faz.
PS-Continua a confusão com a sentença do Processo 350/12.3BELSB, nomeadamente na interpretação da mesma.
Há alguns colegas que já receberam o dinheiro mas a DGAJ não está a explicar como é que chegou aqueles valores, envia um email pouco esclarecedor e fica mesmo assim.
Entretanto, corre por aí uma interpretação que a grande maioria dos funcionários, todos os que já estavam ao serviço em 2004/2005/2006, teriam que receber no mínimo a quantia de 600 euros, o que parece que não vai acontecer.
Assim sendo, se o autor do blog se quiser debruçar um pouco sobre esta matéria, os colegas agradecem, uma vez que os sindicatos não estão para aí virados.....

De Anónimo a 13.09.2021 às 18:25

Além do mais, não se percebe ainda, com referência aos que foram abrangidos pela sentença, em que escalão é que ficaram porque só fizeram o pagamento e não subiram o escalão, pelo menos é isso que é indicado no recibo de vencimento.
Tamanha falta da habitual falta de consideração.

De Anónimo a 13.09.2021 às 15:08

Ao Excelente colega autor deste blog só posso agradecer muitíssimo por todo o seu trabalho, todos os dias, para informar a classe, por vezes tão dividida e que bem necessita de toda a informação que possa obter.
A minha gratidão e, por favor, continue com o excelente trabalho.

De Anónimo a 13.09.2021 às 21:45

Como é que alguém, Juiz Conselheiro, SEAJ vê em meia dúzia de meses despachos seus serem anulados por ilegalidade por Tribunais!

Foi assim no que diz respeito à greve decretada pelo SFJ em 1999 e no projeto de estatudos enviado para publicação no BTE!

Acresce o facto, de apesar dos pareceres arrasadores do CSM e CSMMP sobre as inconstitucionalidades do projeto de estatutos apresentados teima em apresentar esse documento na reunião agendada para o próximo dia 15 de setembro!

Desconhecimento do ordenamento jurídico?

Não.

Preconceito ideológico baseado na estratificação social?

Sim.

Ficamos agora a compreender a razão pela qual não mereceu a confiança dos seus pares na última eleição para o CSM.

A Magistratura tem um compromisso inalienável com a constituição e com a lei e só assim se promove o Estado de Direito Democrático.

Os Tribunais têm-nos dado razão, lamentável é que alguém oriundo da Magistratura, atualmente com responsabilidades políticas, veja os seus despachos e decisões anulados pelos Tribunais!

O princípio da legalidade não se conforma com estados de espírito, taticismo ou preconceitos, materializa-se pelo respeito da Constituição e pelas Leis aprovadas na casa da democracia, o Parlamento.

Duas Leis do Orçamento de Estado por cumprir, já é demais!...

De Anónimo a 14.09.2021 às 18:33

Os sindicatos devem comparecer à reunião agendada, pois estão a representar os interesses de toda uma classe profissional e, independentemente do que lhes for transmitido, devem apresentar objetivamente todos os pontos com os quais não concordam e dizerem como acham que deve ser.
Penso, que de futuro, os sindicatos devem fazer-se acompanhar por OJ licenciados, pois eles conhecem os seus currículos e mais facilmente podem retorquir, contrapor e defender os interesses da classe. Todos a trabalhar em conjunto para se chegar a um estatuto que sirva os interesses de todos. Se os advogados constarem do novo estatuto, irão servir
essencialmente os seus interesses.
Também penso que os sindicatos devem ser mais interventivos e usar os meios de comunicação, tal como fazem os sindicatos de outras classes profissionais. Não podem aparecer de longe a longe na televisão a dizer que os OJ fazem "trabalho escravo". A sociedade não sabe concretamente o que isso quer dizer, mas se no fim de mais uma maratona de trabalho que acabe tarde e num dos casos mediáticos e em que os jornalistas estão sempre à espera fora do tribunal, estiver um representante sindical aproveitando a ocasião para dizer:"Lá dentro estiveram a trabalhar até agora duas classes profissionais: aos magistrados pagam-lhes (e bem) as horas extraordinárias, aos OJ não pagam nada. Aproveitamos para dizer que aos magistrados (e bem) pagam-lhes 14 meses por recuperação processual, aos OJ pagam apenas 12 meses. Se os sindicatos aproveitassem TODOS os casos mediáticos para transmitirem a todo o país estas ideias, a sociedade estaria muito mais informada.Atentem nas estratégias dos sindicatos dos professores, dos enfermeiros, dos polícias etc.Eles vão conseguindo o que querem. Não podem ser apenas greves.

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Subscrição por e-mail
Receba todos os dias o artigo do dia no seu e-mail. Peça para:
oficialdejustica.oj.portugal@gmail.com

saiba+aqui

..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos.
Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2021

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Promoções?... E vão mais 40 para Juizes Desembarga...

  • Anónimo

    Todos saturados deste sistema que cada vez exige ...

  • Anónimo

    subscrevo, infelizmente!

  • Anónimo

    e magistraturas por norma ficam no gabinete sem ba...

  • Anónimo

    Trabalhe com calma.

  • Anónimo

    Lá está: tal dinheirinho, tal trabalhinho, porque ...

  • Anónimo

    Há uns anos atrás, tinha orgulho de ser funcionári...

  • Anónimo

    Cada vez mais saturada. Tenho vergonha deste MJ.

  • Anónimo

    O SFJ persiste em oferecer "vicissitudes" à Minist...

  • Anónimo

    "Não podemos querer uma justiça com tribunais tran...

  • Anónimo

    Se o concurso caducou / fechou na altura da public...

  • Anónimo

    Vejam bem as pessoas que estão nos órgãos de gestã...

  • Anónimo

    Isto é para Técnicos Superiores apenas. Os OJS não...

  • Anónimo

    Isto é para Técnicos Superiores apenas. Os OJS não...

  • Anónimo

    Transtorno bipolar sindical(mudança repentina de c...

  • Anónimo

    Todos nos lembramos desta formula produzida pelos ...

  • Anónimo

    Tanta gente a controlar os mexilhões , quem contro...

  • Anónimo

    Ora aí está

  • Anónimo

    Quando vim para os tribunais, ninguém almoçava no ...

  • Anónimo

    Pré- forma...integração do suplemento... que migal...

  • Anónimo

    isso é compadrio, ou não?

  • Anónimo

    De mal a pior...Pré-aposentação???

  • Anónimo

    E assim continuamos!!!! sem nada que nos acrescent...

  • Anónimo

    Ai sim ? Conheço uma oficial de justiça que é lice...

  • Anónimo

    Os governantes que tratem de dar algo aos OJs para...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................