Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 9 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt
Bem-vindo(a) à página do Diário Digital dos Oficiais de Justiça de Portugal. Aqui encontra todos os dias informação com interesse geral para o mundo da Justiça e em particular para os Oficiais de Justiça. Desfrute!
...............................................................................................................................

Quarta-feira, 15.06.22

“É sempre esmagada pela bancada do Governo”

      Na coluna quinzenal que o presidente do Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ) assina no Correio da Manhã, podia ler-se ontem o artigo que a seguir se reproduz.

      «Se dúvidas houvesse sobre a falta de Oficiais de Justiça e sobre a iminente rutura de alguns tribunais, desvaneceram-se com a mais recente notícia de que, em Lisboa, o Juiz Carlos Alexandre adiou diligências em processos mediáticos e, só por isso, vieram parar à comunicação social, uma vez que essa falta é crónica, e não meramente pontual, disso dão conta todos os relatórios anuais das 23 Comarcas do país.

      Estamos perante uma classe profissional, onde o drama se instala, com a falta de novos ingressos (faltam cerca de 1100), o dia-a-dia torna-se demasiado tortuoso, onde um funcionário tem de trabalhar por dois ou três sem ser remunerado em conformidade, para além de não receber retribuição pelas horas extraordinárias, ainda temos a sua maioria há mais de vinte anos na base da carreira, a receberem uma média de mil euros mensais, muitos a viverem deslocados nas grandes cidades em alojamentos precários e a preço de ouro.

      Achamos que falta uma visão profunda da vida quotidiana destes profissionais para se perceber o drama em que muitos vivem.

      De cada vez que é apresentada uma proposta de lei na Assembleia da República que traga algum alento a esta classe, é sempre esmagada pela bancada do Governo.

      Ficam-se pela inovação tecnológica, é a única coisa que apregoam. Afinal que justiça querem para o país?»

CM-20220614.jpg

      Fonte: “Correio da Manhã”.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:05


16 comentários

De Anónimo a 15.06.2022 às 08:18

E o Sr. Comentados do CM, o que quer? O que quer para a classe? O que propõe? Como se propõe alcança-lo?
Estamos todos fartos de bitaitez
Assuma o que é, ou não é?
Representante sindical? Tenho dúvidas.

De Anónimo a 15.06.2022 às 09:26

E os trabalhadores, o que estão dispostos a fazer?

De Anónimo a 15.06.2022 às 09:40

Se a casa cair, deixa que caia, amanhã irá, certamente, nascer um novo dia!

Saem uns, entram outros...isto sim, é uma "gandaia". A "gandaia" da política à portuguesa.

De Anónimo a 15.06.2022 às 10:59

https://observador.pt/opiniao/o-mito-urbano-da-falta-de-funcionarios-judiciais/

Comentadores há muitos, tal como chapéus de palha.

De Anónimo a 15.06.2022 às 12:07


Ora aí está o que ninguém quer ver!!


temos a sua maioria há mais de vinte anos na base da carreira, a receberem uma média de mil euros mensais, muitos a viverem deslocados nas grandes cidades em alojamentos precários e a preço de ouro.


hão de arranjar ingressos hão de ! é fugir dos tribunais nestas condições e ainda por cima fora da zona de casa



De Anónimo a 15.06.2022 às 12:09

O ano passado faltam 1.500, há dois anos, três anos, 4 anos... faltavam 1.500 oficiais de justiça. Ora, qual milagre, há dois dias faltavam 1.000 afirmava uma dirigente do SFJ da região de Aveiro ( talvez 100 não precisem de papel higiénico) e agora surge o presidente do sindicato a falar em 1.100. Todos os meses há colegas que se aposentam mas o SFJ passa de 1.500 para 1.000 ou 1.100 confirme o gosto do freguês. É o completa incapacidade...

De Anónimo a 15.06.2022 às 12:16



SRS ARTICULISTAS E SRS SINDICALISTAS, CONTRADIGAM ESTE RAPAZITO DO ARTIGO

https://observador.pt/opiniao/o-mito-urbano-da-falta-de-funcionarios-judiciais/

De Anónimo a 15.06.2022 às 12:18


será o articulista um ex candidato ao OJ?

ou é um candidato atual a magistrado ou assessor de magistrado?

De Anónimo a 15.06.2022 às 13:00

Nem sou muito de comentar por aqui, mas já que quer que contradiga o "rapazito" (nome adequado por sinal para o individuo em causa), basta dizer-lhe que não se pode dar nenhuma credibilidade a um "rapazito" que acha que por se trabalhar sentado a uma secretária nada de prejudicial pode advir daí para a saúde dos respetivos trabalhadores. Penso que está tudo comentado quanto à aberração de artigo de opinião invocada por si e não merece mais conversa nem comentários.

De Anónimo a 15.06.2022 às 13:39


Bem visto, deveria vir mais vezes comentar, que vale a pena, sim!

De Anónimo a 15.06.2022 às 16:34

Intlectualmente desonesto esse senhor jurista. Peca por patente desconhecimento da realidade das secretarias judiciais onde o registo biométrico de ponto não é aplicado pela tutela para não fazer vir a lume o escândalo das horas extras praticadas por OJ. Pior ou igual ao que sucede nos hospitais.

Nem banco de horas existe.

E só uma greve em vigor respalda os OJ de serem ainda mais abusados no seu descanso.


Vejam-se os criminais, Diap's e locais.

Esse Sr. jurista estará encomendado? Parece! Tamanha a verborreia. Até quanto ao risco dos OJ.

Estão na berra os "despejos" de habitações sociais. Aqui, sem qualquer risco para o OJ.

As retiradas de menores aos progenitores. Aqui, sem qualquer risco para os OJ.

O pós audiências criminais e algumas cíveis, onde o OJ é "incomodado" e "restringido" de movimentos na sua vida privada e familiar. Aqui, por não existir qualquer risco em à saída de funções ser agredido.

Em arrombamentos. Aqui sem qualquer risco para o OJ que, quando a porta é aberta pelo serralheiro, é o primeiro a entrar e a levar o empurrão, o insulto, a faca ou caçadeira apontada.

O OJ que numa unidade processual com três magistrados e projetada para 6 OJ, desenvolve a sua tarefa com apenas outro OJ, portanto, 2 OJ.

Caro Sr. jurista, mais honestidade intelectual e isenção é o que se espera de um comentador "Observador".

De Anónimo a 15.06.2022 às 16:39



Muito bem analisado! foi encomendado, sem duvida, só pode!!!!

De Anónimo a 15.06.2022 às 18:08

Apoiado, bem dito, somos muito mal tratados pelos nossos governantes face à nossa dedicação para com a causa pública!

De Donzilia Santos a 15.06.2022 às 18:44

" um funcionário TEM de trabalhar por dois ou três sem ser remunerado...". Era o que faltava. Também só se fosse super- herói ou se os tais dois ou três nada ou pouco fizessem, que também os há!
De qualquer forma não TEM! Ninguém é obrigado a ficar fora de horas a trabalhar, a trazer trabalho para casa, desprezando o seu descanso e a vida familiar.
Quem o faz, lá sabe porquê.Ou está a tentar compensar o que não fez durante as horas de trabalho por "converseta", por dor de cabeça, por aí.... Ou então, do excesso de trabalho, não sabe reclamar, não sabe escrever, queixar-se junto de quem de direito, apresentando elementos de facto, não tem voz ativa em nada. Deixa andar.Tudo aceita. Não adere a greves.Quem quiser que as faça.
De vez em quando, verbalmente, lá se queixa..... aos colegas.

De Anónimo a 15.06.2022 às 19:58

Os meirinhos estão danados com o artigo do Sr. Jurista ...

De Anónimo a 15.06.2022 às 23:18

Começa a ser constrangedor perceber que os colegas continuam a picar a minhoca. Ao governo interessa dar palco a estes articulistas, colocar em discussão, entre nós, questões colaterais e lá vamos nós correndo picar a minhoca. Este artigo interessa zero, o artigo anterior, do candidato ao TC interessa zero, mas vamos sempre atrás da minhoca. Daqui a dias surge um comunicado, vamos avançar com processo crime ao articulista, por ofensa a todos nós e toda a gente fica contente e satisfeita. A mim, que ainda penso, só ofende quem considero e a este e outros não considero... Somos cada vez mais alvo de risota e a culpa é nossa, pois gostamos muito de ser enganados.

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Subscrição por e-mail
Receba todos os dias o artigo do dia no seu e-mail. Peça para:
oficialdejustica.oj.portugal@gmail.com

saiba+aqui

..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos.
Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2022

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O princípio da contratação "externa" há muito que ...

  • Anónimo

    Muito bem.Atente-se que:Um quarto em Lisboa (Campo...

  • Anónimo

    É triste escrever isto, mas cá vai. Em caso de dúv...

  • Anónimo

    Informa o núcleo onde fui colocado neste movimento...

  • Anónimo

    E que diz?

  • Anónimo

    "Com cara de quem lhes deve tudo"!O que fazem os M...

  • Anónimo

    Recebi ao final da tarde uma SMS da DGAJ.Mais algu...

  • Anónimo

    👏👏👏

  • Anónimo

    A geração que espera há mais de 2o anos pela pr...

  • Anónimo

    Muita lamúria e pouca ação. Sugiro que os sindical...

  • Anónimo

    Burlados, enganados, vilipendiados, gozados, desco...

  • Anónimo

    Excelente iniciativa tomada pelo SOJ, cuja respons...

  • Anónimo

    Primeira medida:Que todas as medidas sejam logo, d...

  • Anónimo

    Acomodados a organizar eventos e caravanas, alguma...

  • Anónimo

    Os aqui anónimos em conjunto com os autores deste ...

  • Anónimo

    Uma representação sindical que se propõe a disputa...

  • Anónimo

    É verdade! Muita revolta por não ter quem nos defe...

  • Anónimo

    Porque não sabem, não querem saber e saber dá trab...

  • Anónimo

    Por que raio nunca tal foi chamado à colação pelo ...

  • Anónimo

    Faltou referir é que os colegas aí colocados estão...

  • Anónimo

    Já não espero nada desta merda de profissão. Apena...

  • Anónimo

    Ja não espero nada desta carreira.Apenas desilusão...

  • Anónimo

    Faltou-me referir o pessoal que exerce funções no ...

  • Anónimo

    11 meses por ano, e só 10% .Os sindicatos que refl...

  • Anónimo

    Dec Lei 545/99"Artigo 26.ºSuplemento1 - O pessoal ...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................