Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 7 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

...............................................................................................................................
| | | - COVID-19
[1] - Compilação de Sugestões de Medidas de Proteção Práticas para Oficiais de Justiça
[2] - Consulte aqui os dados oficiais diários atualizados da DGS e infografias
[3] - Consulte também aqui, em primeira mão, as notícias que a agência Lusa fornece para a comunicação social, entretanto com acesso gratuito

...............................................................................................................................

Sexta-feira, 21.08.15

Esclarecimentos ao Movimento Extraordinário

     Depois da divulgação do projeto do movimento extraordinário, o principal problema resultou ser a falta de quase uma centena de candidatos aprovados que não foram colocados, alguns deles graduados em lugares elegíveis e com apresentação de requerimentos com cerca de meia centena de opções.

     Esta situação resultou em desânimo, frustração e raiva manifestada por todos aqueles que não foram colocados. As contas sumariamente apresentadas revelavam ontem a falta de preenchimento de 92 lugares, mas a DGAJ, respondendo a esclarecimento solicitado pelo Sindicato SFJ e por este divulgado, contabilizando outras colocações que não só as dos candidatos a ingresso, aponta para um total de 83 colocações que ficaram por preencher.

     A DGAJ afirma que estas 83 colocações não foram efetuadas, porque as opções dos candidatos não se revelaram passíveis de serem atendidas e porque também não efetuou colocações oficiosas neste movimento, embora assim tivesse anunciado que o faria.

     A DGAJ refere que procederá às colocações oficiosas em falta em momento posterior que não especificou.

     Assim sendo, há neste momento cerca de centena e meia de candidatos (dos 650 aprovados) que não obtiveram nenhuma colocação e que poderão a curto/médio prazo virem a ocupar as tais 83 vagas que se mostram por preencher.

     O Sindicato SFJ defende a realização imediata de um movimento extraordinário só para este fim, não sendo, no entanto, de excluir a hipótese de tal poder vir a suceder incluído no movimento ordinário de novembro, cujos requerimentos devem ser apresentados até ao dia 10 de outubro. Aguardemos por notícias da DGAJ neste sentido.

     Quanto aos possíveis erros do projeto apresentado pela DGAJ, chegaram-nos já notícia, por alguns candidatos, de erros, como, por exemplo, a existência de um núcleo para o qual foi indicada vaga e ninguém foi lá colocado, havendo candidatos com essa opção no requerimento.

     Assim, aconselha-se os candidatos a verificarem o motivo de não terem sido observadas as suas opções, designadamente, se para aquele local não foi ninguém ou o número de vagas anunciado não foi totalmente preenchido, bem como se os candidatos colocados à sua frente estavam graduados de facto à sua frente ou se preferiam por aplicação do artº. 48º da LOE ou de qualquer artigo do EFJ.

     Esta verificação é aborrecida e demorada, tanto mais que alguns candidatos apresentaram requerimentos com dezenas de opções mas, ainda assim, não foram colocados. Os erros podem acontecer e de facto começam já a ser detetados, pelo que é aconselhável verificar.

     Têm sido também recebidos e-mails questionando o motivo da não indicação da data em que se devem apresentar ao serviço. Ora, tal data – normalmente prazo de dias – não foi indicado porque isto ainda é só um projeto listagem de colocações que será objeto de reformulação de acordo com as reclamações que venham a ocorrer (e já há notícia de que tal ocorrerá) e que sejam deferidas.

     Após, será publicada em Diário da República a listagem definitiva e nessa publicação indicar-se-ão os prazos que serão diferentes para cada tipo de colocação. De momento, aponta-se como possível a publicação em Diário da República a segunda semana de setembro. Os candidatos podem apresentar-se desde logo ou até ao termo do prazo.

     Recebemos comunicações de vários candidatos que foram colocados bem longe das suas residências, não só no continente, como até entre as ilhas e o continente, tendo necessidade de conseguir alojamento. Aconselha-se os candidatos a verificarem desde já as zonas da sua possível colocação numa área abrangente que diste até hora e meia em transporte público regular do local de trabalho e sem que assumam de imediato qualquer contrato, até à confirmação da publicação em DR e, eventualmente, após a tomada de posse, onde verificarão se há intenção de colocação transitória noutro núcleo ou localidade do núcleo e, bem assim, se existem outros candidatos nas mesmas circunstâncias com os quais possam partilhar alojamento. Até terem tudo confirmado consigam uma unidade hoteleira para ficarem provisoriamente instalados alguns dias, uma semana no máximo, tempo suficiente para tratarem de tudo. Pesquisem na Internet ou contactem alguém no núcleo para onde estão indicados e solicitem ajuda a quem lá está, pois é possível que alguém tenha conhecimento de alojamentos (provisórios ou permanentes) que possam utilizar, podendo fornecer essa informação e importante ajuda.

InterrogacaoQuePrende.gif

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:01


16 comentários

De Anónimo a 21.08.2015 às 11:43

Tal como havia dito ninguém sabe quando vai se proceder a colocação oficiosa dos candidatos, existe uma serie de iluminados armados em juristas que não percebem nada disto, e especulam a toa, percebam que isto não foi inocente se eles não colocaram os 600 não foi por obra do acaso, metam na cabeça que os 83 que não entraram tão cedo, se algum dia entrarem....para além do mais a DGAJ penso que não está nada a trabalhar mal tem cumprido escrupulosamente com tudo que vem anunciado, não existe qualquer fundamento para reclamação, dos 83 que ficaram de fora...metam isso na cabeça...agora os que entraram sim tem legitimidade para reclamar é tão simples quanto isso...

De Anónimo a 21.08.2015 às 12:12

Conversa de merda esse teu paleio.
Têm a obrigação de nos colocar. Não sabes ler palhaço ?
"Movimento ordinário de Novembro, e preencher as candidaturas até 10 de Outubro".....
Era isso que queria saber.........Novembro.
Tive 12.5 e não concorri para ficar no desemprego.
Obrigado pelo artigo. Até Novembro.

De Anónimo a 21.08.2015 às 15:57

De Anónimo a 21.08.2015 às 12:12, o atrasado mental, eles não tem nem nunca tiveram qualquer obrigação de colocar os 600, porque o anunciado foi que seriam colocados 600 mediante disponibilidade orçamental...agora o que vieram dizer a publico de boca é que colocariam os 600, mas palavras o vento levou...não existe qualquer oficio a dizer que alguém dos que ficaram de fora poderão se candidatar...quem diz isso é irresponsável.

De C a 21.08.2015 às 14:57

Infelizmente a DGAJ esteve mal sim, quando foi aberto o movimento foi anunciado que iria haver colocações oficiosas se necessário. Há vagas por preencher e não houve colocações oficiosas. Concederam aos 650 aprovados a faculdade de se candidatarem e nem 600 foram colocados no projeto, apesar de ser necessário e de estar mais do que prometido pela ministra. Era preferível terem informado as pessoas de que não iriam haver colocações oficiosas e de que poderiam entrar menos pessoas do que o avançado pela ministra. Há candidatos desempregados que podem ter recusado opções de trabalho e há empregados que podem ter feito cessar contratos em vão. Há muito que se fala nas injustiças dos procedimentos para trabalhar na função pública, mas infelizmente tem-se feito muito pouco para alterar as más práticas. Não são números, são pessoas que estão a concorrer, com as suas vidas implicadas.

De Anónimo a 21.08.2015 às 15:24

Ainda bem que desse lado alguém compreende.
Não quero perder as esperanças em algo mais deste concurso.
Porque alguns de nós, mereciam ter sido colocados à anos, e a única coisa que me dizem sempre é para ter calma, aguardar, estudar, e passam anos e eu não aprendo a trabalhar nesta profissão.
Fico sempre para traz.
Estou farto de boa educação e boas maneiras e de ouvir o patuá que é sempre igual.
Agora vou esperar até Novembro..............Mas não vou votar !

De Anónimo a 21.08.2015 às 15:34

Agora para terminar, e só porque em muitas situações a internet é como uma espécie de doença da qual precisamos de férias de vez em quando, vou escrever um poema dedicado ás próximas eleições.
Espero que gostem :

Não há caminho legal
Nem eleições nem parlamento
Não há caminho legal
Para acabar com o tormento

Não é com boas maneiras
Nem com cenas paneleiras
Putas ao poder após o verão
Pois os filhos já lá estão

ADEUS !



De Anónimo a 21.08.2015 às 13:26

À 5 anos concorri para um concurso de 200 vagas, e fiquei o 230º classificado.
Passaram 3 anos de reserva e não fui colocado enquanto os estagiários do PEPAC andaram por aí .
A minha nota caducou, agora concorri a um concurso de 600 vagas e sou o 409º classificado, e não me aceitaram só porque não concorri a todas as vagas, quando supostamente era para ser colocado onde fosse necessário ou onde precisassem de mim.

Foram 5 anos que passaram e por mais que escreva, a verdade é esqueceram-se de mim outra vez !

Se não me aceitarem em Novembro, é porque alguma coisa está mal aqui ! Será que sou eu ? Vamos ver, depois ainda por cima quando entrar é porque já estou preparado para ser o pior funcionário, ou o empata serviço do tribunal....Obrigado por isso também !

Obrigado mais uma vez por se lembrarem do 409º .

De Anónimo a 21.08.2015 às 16:03

Tiveste azar e tb não te precaveste..devias ter concorrido para o máximo de opções como eu fiz e tive 18, uma coisa é certa tens de ver das pessoas que te rodeiam quais as que poderão ter uma inveja extrema de ti, pois essas noticias se partilhamos com invejosos eles conseguem arruinar a nossa vida..por isso é que nunca conto estes acontecimentos a ninguém...já passei por situações semelhantes....concelho de amigo.quanto a questão de novembro cuidado pois neste momento é tudo especulação...nada é certo, pois mais que ninguém tu bem sabes o que já passaste.

De Anónimo a 21.08.2015 às 20:36

OK.
Olha, o que hei-de dizer ?
Hoje até podia ter uma mentalidade diferente, ou não ser mais alguém com revoltas.
Afinal, passados tantos anos não aprendi nada de oficial de justiça.
Uma coisa é ter um trabalho, outra coisa seria sentir que podia estar a trabalhar para uma causa, coisa que nunca aprendi a fazer .
Se já tivesse entrado em algum lado, hoje até podia ser alguém competente e realizado...
Não gosto de sentir que as regras deste jogo revelam-se sempre desfavoráveis ás minhas decisões...não houveram colocações oficiosas.....será ironia ?
Vou mais uma vez à procura de trabalho, como à 5 anos, mais 5 anos de serralharia ?
Pode ser que lá também usem o Citius para eu aprender !

De Anónimo a 21.08.2015 às 20:56

Amanhã mesmo vou à procura de trabalho...
é a vida...

Boa sorte a todos e adeus !
Aproveitem, que eu já era !

De Anónimo a 23.08.2015 às 11:49

Vamos começar por fazer contas meus meninos 650-83=567 que - 600 dá 33 pessoas de fora e nao 83 como dizem pois era para entrar 600 e nao 650!

quanto aos que ficaram de fora, ja nao entram! e porquê? porque daqui a tres semanas entram os que entraram e os que nao entraram sao esquecidos!

no aviso da DGAJ a mesma foi clara, a colocaçao é feita do 1 para o 650 caso HAJA LUGAR a colocaçoes oficiosas ai sim sera inversa, NINGUEM garantia que haveria colocaçoes oficiosas!

andam muito intepestuosos, calma, vamos ler primeiro e depois gritar, reclamar para o provedor? porfavor, ha mesmo pessoas que nao tem mais nada que fazer! reclamar quem devia ser colocado e a vaga não foi preenchida ou mal preenchida!

ide assim para os tribunais que levam logo uma chazada que vos metem logo no lugar!

De Anónimo a 23.08.2015 às 13:53

o meu amigo não me leve a mal.........O quer dizer com isso de levar uma chazada ?

De Anónimo a 23.08.2015 às 14:06

Se nos meterem no lugar, era uma maravilha !
Não acha ?

De Anónimo a 23.08.2015 às 14:09

Acha normal esta novela toda? alguma vez viram isto antes? é uma vergonha....agora ate para o provedor? porfavor! menos de 40 ficaram de fora e se lerem bem o aviso da DGAJ nada mudou!

De Chefe dos Chefes a 23.08.2015 às 14:44

Há aqui elementos do outro grupo.
Traidores !

De Anónimo a 23.08.2015 às 15:15

Meu amigo concordo plenamente com esta tua posição, existe candidatos que não tem noção de nada nem sensibilidade para nada, que pensam que descobriram a pólvora...não se acautelaram, não se deram ao trabalho de seguir as regras do concurso, e agora vem reclamar...armaram-se em iluminados da justiça e agora andam desesperados, estavam mais preocupados em se gabarem que iam para os tribunais do que seguir e se informarem das regras do concurso...e agora andam aqui feito umas viúvas desalmadas a chorara pelos cantos não há paciência..

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2015

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Na área da justiça há de facto injustiças que não ...

  • Jota Man

    Tem toda a razão desta lista já contam os da prime...

  • Anónimo

    Ah sim, decretar greve com uma boa parte dos OJ de...

  • Anónimo

    Caro colega, Desta última lista, fazem parte os da...

  • Anónimo

    E os sindicatos serem sindicatos e não extensões d...

  • Anónimo

    Não compreendo esta "submissão cega" dos represent...

  • Anónimo

    E os Sindicatos promoverem uma máscara personaliza...

  • Anónimo

    Qual greve qual quê, eles comem a greve com pão. C...

  • Anónimo

    Momento oportuno para uma greve, em resposta a mai...

  • Jota Man

    Não há problema com a enxurrada, deixa-a vir, a le...

  • Anónimo

    Orçamento Suplementar?!... À luz da lei de enquadr...

  • Anónimo

    ... ou até mesmo juízes... Certo é que os velhos d...

  • Anónimo

    Hoje comi arroz com batatas cozidas. Não gostei. E...

  • Anónimo

    O Presidente angolano, João Lourenço, considerou h...

  • Anónimo

    Nem a Lei nem o pacto para justiça promovido por s...

  • Anónimo

    https://portal.oa.pt/comunicacao/comunicados/2020/...

  • Anónimo

    Colega muito bem! Colocou o dedo na verdadeira "fe...

  • Anónimo

    Já imaginaram se, o que se passa com os oficiais d...

  • Anónimo

    A Senhora Ministra da Justiça na cerimónia da aber...

  • Anónimo

    Já existe alguma resposta da OIT à queixa apresent...

  • Anónimo

    Ora nem mais.

  • Anónimo

    Estou totalmente de Acordo Colega - UNIÃO DE SIND...

  • Anónimo

    Conseguiu oito cêntimos por UC. Grande vitória. Ma...

  • Anónimo

    De facto existiram muitos assistentes técnicos que...

  • Anónimo

    SFJ, SOJ, onde estão? Espero que ainda não na prai...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"






    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................