Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 9 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt
Bem-vindo(a) à página do Diário Digital dos Oficiais de Justiça de Portugal. Aqui encontra todos os dias informação com interesse geral para o mundo da Justiça e em particular para os Oficiais de Justiça. Desfrute!
...............................................................................................................................

Quinta-feira, 29.09.22

Instituir o Dia Nacional do Oficial de Justiça a 29NOV

      O dia 29 de novembro é o dia apontado para vir a ser o Dia Nacional do Oficial de Justiça.

      O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) iniciou esta semana uma recolha de assinaturas, conforme já aqui anunciamos esta segunda-feira, 26SET, com o propósito de apresentar à Assembleia da República uma petição para que seja estabelecido o Dia do Oficial de Justiça.

      Consta assim da informação sindical:

      «Os Oficiais de Justiça, como outras carreiras “comemoradas” no calendário nacional, como por exemplo bombeiros, enfermeiros, professores, engenheiros, médicos, advogados e algumas outras, são credores do reconhecimento público.

      De salientar que a carreira dos Oficiais de Justiça está regulamentada, com a devida fundamentação, há mais de 100 anos.

      E por ter sido em 29 de novembro de 1901 que se regulamentou, pela primeira vez, a carreira dos Oficiais de Justiça é essa a data proposta na petição.»

      O Sindicato SOJ refere ainda, na mesma informação sindical, que “assume o compromisso” de, em cada Dia do Oficial de Justiça, vir a “realizar uma conferência – reunindo a carreira e diversas entidades –, para que o país possa comemorar e reconhecer o trabalho dos Oficiais de Justiça.”

      A iniciativa interessa aos Oficiais de Justiça porque, caso a Assembleia da República institua o Dia, haverá uma maior atenção sobre a carreira, mesmo que seja apenas uma vez por ano.

      Quanto ao custo e ao trabalho da recolha de assinaturas é praticamente inexistente.

      Assim, todos os Oficiais de Justiça podem imprimir o documento (duas páginas) da recolha de assinaturas, para que cada pessoa ali se identifique.

      Na primeira coluna coloca-se o primeiro nome e o ultimo apelido, na coluna seguinte fica o número de identificação civil, isto é, o número do cartão de cidadão, e na terceira e última coluna a assinatura.

      Muito simples e aberto a todos os cidadãos portugueses, Oficiais de Justiça, outros profissionais, familiares e amigos, conhecidos, etc. Todos podem assinar. O objetivo é conseguir atingir, pelo menos, 7500 assinaturas; é este o mínimo para levar ao Plenário da Assembleia da República esta petição.

      Chamamos a atenção de que os dados devem ser corretamente preenchidos, sem erros, uma vez que os mesmos podem ser conferidos e, mesmo que não sejam todos, poderão ser alguns selecionados de forma aleatória.

      Depois de preenchidas as folhas, logo que se considere que já não se conseguem mais assinaturas ou até ao dia 26 de outubro, data limite para a recolha, deverão todas a folhas ser devidamente digitalizadas e enviado esse ficheiro para o SOJ, para o e-mail que indicou: soj.geral@gmail.com

      O SOJ termina a sua informação sindical explicando que, depois, as assinaturas serão entregues, presencialmente, na Assembleia da República e apela ao Oficiais de Justiça da seguinte forma:

      «Assim, cabe a cada de um de nós assinar a petição e recolher, junto de amigos e familiares, as assinaturas necessárias para que possa ser determinado, pela Assembleia da República, o Dia do Oficial de Justiça.»

      Veja “Aqui” o primeiro Estatuto de 1901.

      Obtenha “Aqui” um exemplar da recolha de assinaturas.

      No modelo de recolha das assinaturas consta, entre outros aspetos, o seguinte:

      «Visa, assim, esta petição afirmar a especificidade da carreira do Oficial de Justiça, através da criação do Dia do Oficial de Justiça, valorizando a intervenção pública de mulheres e homens que, sendo credores de um justo e merecido apreço por parte da sociedade em que se inserem, operam arduamente na quase invisibilidade do olhar do cidadão comum.

      Contudo, este poderá ser também um Dia que permitirá àquele mesmo cidadão conhecer melhor a intervenção e praxis do Oficial de Justiça no sistema Judiciário, assim como os seus Deveres e Direitos na construção de uma sociedade mais justa, democrática e equitativa.»

      7500 assinaturas é o mínimo, são muitas, é certo, mas com algum esforço, em cada tribunal, em cada secção, em cada domicílio, facilmente se alcançará e se ultrapassará esse número, desde que alguém tome a iniciativa de imprimir e fazer circular o abaixo-assinado.

      Que cada Oficial de Justiça baixe um formulário e se responsabilize pelo seu total preenchimento, pelo menos de um, até ao dia 26 de outubro.

      O assunto não é problemático e não se vislumbra motivo para que haja quem se possa negar a contribuir e assinar esta iniciativa que aportará visibilidade e justiça à carreira.

AssinaturaColheAssinatura.jpg

      Fontes: “SOJ-Info”, “Primeira regulamentação da carreira em 1901” e “Formulário do abaixo-assinado”.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:09


12 comentários

De Anónimo a 29.09.2022 às 09:42

Concordo com a iniciativa.

Informo que não vou colaborar apenas porque quero saltar fora dos Tribunais assim que puder.

O maior reconhecimento do papel de um funcionário público é, justamente, a forma como é tratado.

Comemorar uma profissão que é mal tratada, que se assemelha muitas das vezes a formas modernas de escravidão, vivendo-se permanentemente sob uma obrigação de disponibilidade total para trabalho fora de horas que não é pago, com a tradicional subserviência, não é para mim correto.

Arrependo-me de ter enveredado por esta carreira (apenas pelo tratamento que merecemos da tutela) e não vou comemorar porque não me sinto feliz.

Há algum tempo que tento mudar mas, volvidos 25 anos, começa a ser difícil, o que me entristece ainda mais.


De Anónimo a 29.09.2022 às 16:49



Colega bem vido/a ao clube,

infelizmente é mesmo de nos arrependermos, tal foi

a aldrabice que nos fizeram

De Anónimo a 29.09.2022 às 10:09

O SFJ parece estar a fazer um favor à tutela e a constituir um refreio à luta que devia ser mais vigorosa.

A relação entre ambos, SFJ e tutela, parece-se mais com uma relação existente entre dois adultos, que passam a vida a discutir, mas que se vai mantendo apenas porque "o sexo é bom!"

Com efeito, continuamos a ser "abusados" no trabalho – trabalhamos por nós e por quem devia estar ao nosso lado- e a ser "enganados por falsas promessas", dia após dia - vai para mais de meio ano de governação e não se vêm tomar medidas dirigidas aos OJ ... exceto a alteração das regras no movimento ocorrido.

O SFJ parece-me imbuído por uma excitação genésica e sob a influência das feromonas da tutela MJ/DGAJ e, talvez por isso, está num tal estado de deslumbramento que o impede de sair da letargia e do amorfismo.

A expetativa criada pela tutela, parece ter amolecido a vontade de luta do SFJ e parece tolher as suas decisões de luta na defesa dos nossos direitos.

Os sindicatos não são, nem devem ser, a longa mão do governo para acalmar o descontentamento como que uma "polícia de choque", nem se podem prestar a tal.

Os sindicatos devem encimar as linhas da frente da manifestação do nosso descontentamento e não o seu refreio que me parece ser precisamente o que está a acontecer com o SFJ.

De Anónimo a 30.09.2022 às 06:38

O sexo pode ser bom, mas eu, OJ, estou farto de levar na bilha desses dois parceiros de swing.

É que já nem atentam à lubrificação e muito menos aos preliminares.

Sinto-me violada!

E não gosto.

De Anónimo a 30.09.2022 às 08:33

Sem lubrificante e com uma lixa envolta numa "penetração seca" que nos escola a vida.
Estamos constantemente a ser "abusados".

De Anónimo a 30.09.2022 às 08:33

Queria dizer escola ..

De Anónimo a 30.09.2022 às 08:34

Onde queria dizer escola queria mesmo é dizer esfola.

De Anónimo a 29.09.2022 às 15:10

Fora do tópico, mas apenas uma breve reflexão:

O estado financia os aumentos de salários mínimos nas empresas, mas por sua vez, não aumenta os seus próprios funcionários que, com esta medida, acabam por ser eles com os seus impostos a financiar tais medidas.
Dupla penalização.
Surreal, certo?

De Anónimo a 29.09.2022 às 16:53



e mais: OJ´s auxiliares com 20 anos de carreira, sem aumentos
auferem quase ordenado minimo!

canalhas de governantes

De Anónimo a 29.09.2022 às 16:54



QUEM PUDER QUE FUJA DO TRABALHO NOS TRIBUNAIS

CASO CONTRÁRIO, MAL PAGOS E DESCONSIDERADOS,

QUALQUER DIA VÃO PARA O MANICÓMIO

De Anónimo a 29.09.2022 às 21:16

Obrigado SOJ por materializar a vontade dos Oficiais de Justiça.

Outros há, que num ápice, esqueceram a ação inédita no sindicalismo judiciário!

Pena é, que não tenha sido criada uma petição pública on line.

Mas ainda estão em tempo, porque a legislação sobre esta matéria permite as duas modalidades em simultâneo.

Para o efeito, basta consultar a página da Assembleia da República onde constam todos os esclarecimentos sobre petições públicas.

Força SOJ por respeitar, de forma inequívoca, as decisões aprovadas democraticamente em plenário de trabalhadores, e de não as substituir por "bombas inteligentes"!...

O nosso sistema democrático começa a estar em perigo quando deputados, do poder instituído, pretendem apagar declarações incómodas, proferidas em comissões de inquérito, ou quando sindicatos substituem decisões aprovadas em plenário por "bombas inteligentes"!...

Um lápis azul, no sindicalismo judiciário, é demais!...

De Anónimo a 29.09.2022 às 21:59

Para que fique a constar e para que não hajam equívocos:

Resolução aprovada em Plenário Nacional em 15 de julho de 2022 promovido pelo SOJ:

"... Pelo exposto, os Oficiais de Justiça decidiram em Plenário Nacional, realizado a 15 de julho, exigir ao Ministério da Justiça, o seguinte:

1. A abertura de um movimento extraordinário, que garanta também promoções, como é de lei, a publicar antes do dia 1 de setembro e tendo como prazo de candidaturas até à segunda semana de setembro, nos termos da alínea b) do n.º 4 do artigo 19.º do EFJ;

2. Integração do suplemento, nos termos determinados no n.º 2 do artigo 38.º da Lei 2/2020, de 31 de março, até 15 de setembro;

3. Apresentação, até 15 de setembro, de um regime de aposentação diferenciado, para os Oficiais de Justiça, como compensação pelo dever de disponibilidade permanente..."

O ponto 3 refere um regime de aposentação diferenciado e não um regime de pré-aposentacao como tem sido noticiado nos órgãos de comunicação social, como sendo uma reivindicação do SOJ.

A transparência exige rigor nos conceitos!...






Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Subscrição por e-mail
Receba todos os dias o artigo do dia no seu e-mail. Peça para:
oficialdejustica.oj.portugal@gmail.com

saiba+aqui

..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos.
Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2022

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    E isto é válido para todos os partidos, sem exclus...

  • Anónimo

    E dizer que é comandado por piratas.Quando é que o...

  • Anónimo

    Devo acrescentar que,no meu modesto entendimento, ...

  • Anónimo

    É a teia, está tudo politizado demasia.Os direito...

  • Anónimo

    Ainda se apelida de Oficial de justiça.... Ah ah a...

  • Anónimo

    Fernando Jorge na luta B ?!...- Ups!....

  • Anónimo

    O que se passa é que o líder não honrou o cargo e ...

  • Anónimo

    Tem razão no que diz mas isso não invalida que o r...

  • Anónimo

    Concordo em muito do que diz.As promoções devem se...

  • Anónimo

    Consta por aí, que uma dirigente do SFJ foi convid...

  • Anónimo

    Carlos Almeida, assume o compromisso aprovado em p...

  • Anónimo

    Já vi colegas que por serem licenciados avançaram ...

  • Anónimo

    As palavras por vezes somam problemas nas vidas da...

  • que

    E a nomeação presidente do SFJ para a concelhia do...

  • Anónimo

    António Marçal não tem mais condições para continu...

  • Anónimo

    Não perca tempo colega.A mudança em curso não depe...

  • Anónimo

    Falo por mim ninguém fora do meu círculo de amigos...

  • Anónimo

    Concordo. Este deve ser um não assunto!

  • Anónimo

    O tolo deve ter mais anos que o colega, tenho cerc...

  • Anónimo

    Atente-se na informação sindical do SFJ, sobre a a...

  • Anónimo

    Tolo realmente é, por estar sistematicamente a ten...

  • Anónimo

    Hoje nos jornais, setenta mil estrangeiros nas uni...

  • Anónimo

    Pois é, não há profissões imunes a estas situações...

  • Anónimo

    Sim colega, e não colega!Sim até agora a função fo...

  • Anónimo

    100,% de acordo




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................