Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Esta página é uma iniciativa informativa DIÁRIA especialmente vocacionada para Oficiais de Justiça. De forma independente da administração da justiça e dos sindicatos, aqui se disponibiliza a informação relevante com um novo artigo todos os dias.



Pode ouvir por aqui rádio com música alternativa não massiva e sem publicidade
oficialdejustica.blogs.sapo.pt
FERIADOS MUNICIPAIS NESTA SEMANA:
- 19SET-Qua - Vila de Rei
- 21SET-Sex - Sever do Vouga, Soure e Viseu.
- 22SET-Sab - Sardoal
& pode ver + nos Calendários do Oficial de Justiça para 2018 e já para 2019

Oficial de Justiça Últimas Publicações:

Segunda-feira, 30.04.18

Juízos de Proximidade

      De acordo com os dados oficiais fornecidos pelo Governo, relativamente à atividade dos juízos de proximidade, no primeiro trimestre deste ano, foram realizados 364 julgamentos que envolveram mais de 2200 intervenientes.

      Em relação ao mesmo período do ano passado que, recorde-se, foi o período inicial do novo impulso destes juízos de proximidade, houve uma subida de 72% de julgamentos realizados.

      No total dos 43 juízos de proximidade em funcionamento, foram realizados mais de 11 mil atendimentos presenciais e 55 mil atos praticados, números que revelam uma atividade crescente nestes locais.

      Os 43 juízos de proximidade resultam do reajustamento do mapa judiciário, ocorrido em janeiro de 2017, tendo sido reativados 20 juízos de proximidade, encerrados em 2014, em áreas territoriais marcadas pela interioridade.

      Desde janeiro de 2017, já foram realizados 1540 julgamentos nos quais intervieram 11204 cidadãos.

      Facilmente se conclui que os encerramentos de 2014 foram uma má opção política e, reabertos e recondicionados estes juízos de proximidade, a sua atividade, ainda que reduzida, é uma atividade fulcral na sobrevivência das comunidades do interior, contribuindo para aquilo que se deseja que é um serviço nacional de justiça completo e presente em todo o lado; próximo dos cidadãos.

      Os juízos de proximidade não são tribunais nem sequer são julgados de paz, são meros balcões de atendimento onde, ocasionalmente, se realizam algumas audiências. Nos juízos de proximidade não se tramitam processos. Não é grande coisa mas é melhor do que nada.

      Falta agora dar o grande e corajoso passo, ou salto, que é o de instalar juízos de proximidade em todas as sedes dos municípios ou em localidades que, embora não o sendo, a sua dimensão populacional ou localização territorial mostre ser vantajoso deter um serviço de justiça próximo e, ainda que não abrangente de todas as áreas processuais ou de todas as valências, como nos tribunais, pelo menos preste os serviços mínimos necessários e represente o serviço nacional de justiça em cada município, verdadeiramente junto dos cidadãos.

      É necessário que cada cidadão possa aceder a um juízo de proximidade caso não detenha meios para se deslocar à capital do distrito e sede da comarca onde existem todas as valências, podendo ter intervir nos processos através de videoconferência, ou entregando requerimentos, peças processuais, documentos ou queixas, bem como se inteirando do andamento dos processos, sem necessidade de percorrer muitos e às vezes exageradamente muitos quilómetros.

      É certo que o atual Governo reverteu a política de centralização que o anterior levou a cabo, colocando as valências judiciais mais próximas dos cidadãos. No entanto, ainda é possível fazer mais, reverter mais e criar mais, porque a justiça deve estar ao serviço e ao dispor dos cidadãos e não tão-só os cidadãos ao dispor e ao serviço da justiça.

GraficoAtividadeJuizosProximidadeAteMAR2018.jpg

      Fonte dos dados e gráfico: “Governo/Justiça”.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:10


1 comentário

De Anónimo a 30.04.2018 às 11:13

Os Tribunais não são edifícios!!!!

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt .................................................. PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    http://www.cada.pt/uploads/Pareceres/2018/314.pdf

  • Anónimo

    mas publica-se assim moradas das pessoas?

  • Anónimo

    Esta estória já ouvi aqui nos Tribunais do Brasil

  • Yuri Knoll

    Não precisamos nem de Gulag, nem de Guilhotina ......

  • Anónimo

    A reforma Cardona.

  • Anónimo

    http://www.dgsi.pt/jtcn.nsf/-/5E08C05F4CF5AB048025...

  • Anónimo

    Como vivo do trabalho, e não ando a enganar ningué...

  • Anónimo

    Alguém sabe se há intenção de abrir novo concurso ...

  • Anónimo

    Pois eu revejo-me; o MP não é só o que dá na telev...

  • Anónimo

    Não me revejo neste texto.O stablishment tremeu e ...

  • Anónimo

    Obrigado.

  • oficialdejustica

    Nenhuma perspectiva neste momento.

  • Anónimo

    Alguma perspectiva para abertura de concurso de in...

  • Anónimo

    https://www.youtube.com/watch?v=JI4loQwmne0

  • Anónimo

    No requerimento de abertura de instrução entregue ...

  • Anónimo

    Foi uma investigação rápida. Em menos de um ano, o...

  • Anónimo

    A participação de procuradores e juízes em órgãos ...

  • Anónimo

    “Os fãs têm de perceber que com cada bilhete, cada...

  • Anónimo

    Gosto.

  • Anónimo

    E o estado do estatuto dos oficiais de justiça?

  • Anónimo

    esta é uma área nevrálgica numa democracia represe...

  • Anónimo

    É efetivamente um grande trabalho que temos que re...

  • Anónimo

    Este senhor também tem uma opinião :https://observ...

  • Anónimo

    Certo dia, vai a Oficial de Justiça em cumprimento...

  • Anónimo

    Uma mão cheia de nada?




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no "Google+", ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- Google+

    7- Assinantes por "e-mail"






    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................