Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 8 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

...............................................................................................................................
| | | - COVID-19
[1] - Compilação de Sugestões de Medidas de Proteção Práticas para Oficiais de Justiça
[2] - Consulte aqui os dados oficiais diários atualizados da DGS e infografias
[3] - Consulte também aqui, em primeira mão, as notícias que a agência Lusa fornece para a comunicação social, entretanto com acesso gratuito

...............................................................................................................................
FERIADOS MUNICIPAIS NESTA SEMANA:
- 10MAI-Seg - Ponta Delgada.
- 12MAI-Qua - Aveiro.
- 13MAI-Qui - Alcanena, Alenquer, Almeirim, Alter do Chão, Alvito, Anadia, Ansião, Arraiolos, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Beja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Estremoz, Golegã, Loulé, Mafra, Marinha Grande, Mealhada, Melgaço, Monchique, Mortágua, Oliveira do Bairro, Quarteira, Salvaterra de Magos, Santa Comba Dão, Sobral de Monte Agraço, Torres Novas, Vidigueira, Vila Franca de Xira e Vila Real de Santo António.
- 14MAI-Sex - Vouzela.
- 15MAI-Sab - Caldas da Rainha.
- 16MAI-Dom - Fafe.
& pode ver + no Calendário do Oficial de Justiça 2021
...............................................................................................................................

Segunda-feira, 08.03.21

Mais um passo em frente

      Estamos a cerca de 15 dias úteis do final do mês e do prazo estabelecido na Lei (LOE2021), e é muito fácil prever que o Ministério da Justiça não cumprirá, de novo, mais este prazo e esta nova Lei.

      Perante esta situação de manifesto incumprimento, o Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) apresentou uma proposta alternativa à ministra da Justiça, curiosa proposta, que tenta salvaguardar os interesses dos Oficiais de Justiça e resolver as questões pendentes.

      O SOJ propõe uma calendarização para uma revisão estatutária de forma faseada até ao final do ano 2021.

      Se, por um lado, a dilação até ao final do ano parece uma dilação incomportável e inaceitável, por outro lado, todo esse tempo permite que se possa realizar uma revisão estatutária bem negociada com os sindicatos.

      No entanto, o SOJ propõe à ministra da Justiça que, numa primeira fase, até ao final de março, se trate apenas de um regime diferenciado de aposentação bem como a integração do suplemento remuneratório.

      Diz assim o SOJ:

      «O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ), assumindo as suas responsabilidades, recusa toda e qualquer ação, ainda que por negligência inconsciente, que desconsidere o Parlamento Português.

      Assim, o Sindicato dos Oficiais de Justiça manifestou à Senhora Ministra da Justiça, agora por escrito, a sua total, pronta e inequívoca disponibilidade para assinar um compromisso, de boa-fé, com o Ministério da Justiça, calendarizando a revisão estatutária, de forma faseada – até final do ano de 2021 –, garantindo na 1.ª fase, a realizar até ao final de março do corrente ano, um regime de aposentação diferenciado que compense a disponibilidade dos Oficiais de Justiça, bem como a integração do suplemento, nos termos da Lei do orçamento de Estado.»

      Refere o SOJ que essa comunicação dirigida à ministra da Justiça foi enviada também a todos os partidos políticos com assento parlamentar e ao Presidente da República.

      O compromisso que o SOJ quer garantir do Ministério da Justiça permite ao Ministério salvar a face perante as ilegalidades cometidas ao não observar as leis e, em simultâneo, permite resolver os anseios dos Oficiais de Justiça.

      Mas, e caso o Ministério da Justiça nem sequer responda ao ofício do SOJ? O que, aliás, é perfeitamente possível, ou responda negativamente, o que fazer?

      Perante essa situação, o SOJ diz o seguinte:

      «A não ser considerada esta disponibilidade – por falta de resposta ou recusa do Ministério da Justiça em negociar –, considera este Sindicato que compete ao Parlamento Português dignificar o Estado de Direito Democrático e, evitando mais delongas, alterar o DL n.º 4/2017, de 6 de janeiro e o DL n.º 485/99, de 10 de novembro, de acordo com o determinado na Lei de Orçamento de Estado.»

      Diz o SOJ que, uma vez terminado o prazo estabelecido para este ano, isto é, verificando-se um novo incumprimento e na ausência de resposta ou recusa do Ministério da Justiça, cumpriria ao Parlamento assumir a responsabilidade de não deixar que as leis se incumpram indefinidamente, designadamente, as leis que esse mesmo Parlamento, representante do Povo, determinou.

      Na informação sindical do SOJ, publicada na semana passada, consta assim:

      «O SOJ, também sobre esta matéria, mantém uma posição coerente e inequívoca. Contudo, será fundamental que a carreira não adote as posturas sectaristas, assumidas por vezes, e afirme, sem ambiguidades, que terminado o prazo estabelecido no artigo 39.º n.º 1, da Lei n.º 75-B/2020, de 31.12, compete aos Partidos Políticos, aos Senhores Deputados e Senhoras Deputadas, todos(as) eleitos(as) pelo Povo Português, assumir responsabilidades, valorizando e dignificando o Parlamento Português e o Estado de Direito Democrático.»

      Conclui o SOJ que «O Parlamento não pode continuar a ser desconsiderado, como ocorre nas audições da Senhora Ministra da Justiça, ainda que por negligência inconsciente.

      Os Oficiais de Justiça respeitam e exigem que se respeite o Parlamento e o Estado de Direito Democrático.

      É esta posição que tem de ser assumida, inequivocamente, por todos os Oficiais de Justiça.»

      Assim, esta postura e esta iniciativa do SOJ, é um passo em frente em vez de ser uma mera espera inconsequente.

      A Assembleia da República não é respeitada pelo Governo, designadamente no que aos Oficiais de Justiça diz respeito, pelo que terá que ser esse órgão de soberania com poder legislativo a fazer aquilo que o Governo teima em não fazer, incumprindo as leis emanadas desse órgão.

      Pode ver, querendo, a informação sindical do SOJ aqui citada, através da seguinte hiperligação direta: “Info-SOJ”.

      Quanto ao ofício dirigido à ministra da Justiça, pelo SOJ, o mesmo está também disponível através da seguinte hiperligação: “Carta-SOJ-MJ”.

      Esta carta do SOJ começa por elencar alguns aspetos que considera terem sido “sucessivos atropelos e incumprimentos, seja da lei ou da palavra dada” e são os seguintes:

    «– No dia 20-01-2020, durante a audição conjunta das comissões parlamentares de Orçamento e Finanças e de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias; no âmbito da discussão na especialidade do OE2020, reconheceu, após terem sido aprovados outros estatutos, que "falta agora o dos Oficiais se Justiça", reiterando que o dossiê das negociações "será fechado durante este ano".

      – No dia 25-06-2020 reconheceu que os Oficiais de Justiça "têm razão" para reclamar e prometeu: "o compromisso que faço aqui é que, até ao final do ano, o compromisso é trazer aqui o estatuto dos Oficiais de Justiça".

      – No dia 09-11-2020 afirmou: "o Estatuto está em fase de anteprojeto" e "o dossiê não está ainda fechado e não está fechado por vicissitudes a que o Governo foi alheio".

      – No dia 09-02-2021 afirmou, perentoriamente, que o projeto de "Estatuto está em processo legislativo".

      Assim, perante o quadro de sucessivos atropelos e incumprimentos, seja da lei ou da palavra dada, o que só desvaloriza e diminui o Estado de Direito, Livre e Democrático, cumpre-nos, com total sentido de responsabilidade, solicitar a Vª. Excelência que informe, com clareza e rigor, em que fase se encontra o Projeto de Estatuto dos Oficiais de Justiça.»

      Prossegue a carta realçando o facto óbvio de estarmos num Estado de Direito, facto que parece desnecessário invocar e repetir tal invocação mas que, à luz das circunstâncias com os sucessivos atropelos, parece ser absurdamente muito necessário.

      «O SOJ procura, assim, dar uma vez mais um sério contributo para que se dignifique a ação governativa e se respeite o Estado de Direito, Livre e Democrático em que vivemos, o qual se rege pelo instituído na legislação nacional e comunitária.

      Não nos parece curial que se continue a menosprezar, ainda que sob uma aparência de habitual bonomia – é disso que se trata, embora alguns senhores deputados possam não o entender – o Parlamento Português e, com essa ação, se diminua o Estado de Direito Democrático que é a República Portuguesa, fragilizando as suas instituições.

      Para concluir, e tendo por objeto cessar com o incumprimento da lei e as inaceitáveis declarações sucessivas, proferidas por Sua Excelência, Senhora Ministra da Justiça, na "Casa da Democracia" (Parlamento), em que repetidamente assume que faltou com a palavra dada, este Sindicato (SOJ) apresenta a sua pronta, total e inequívoca disponibilidade para firmar um compromisso, na base do que já foi referido, que a todos respeite e dignifique as instituições e o País.»

PassoEmFrente.jpg

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:08


6 comentários

De Anónimo a 09.03.2021 às 22:29

Quem mandatou o sindicato para escolher a aposentação e a integração do suplemento como os temas a discutir até ao fim de março? Só se contentam com isso? Com o reiterado incumprimento do governo não se devia exigir mais? Somos mesmo poucochinhos......

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Boas,Também fiz essa greve, mesmo não sendo sindic...

  • Anónimo

    JE SUIS ODEMIRA!

  • Anónimo

    Não estou em erro. Eu fiz essa greve!O problema é ...

  • Anónimo

    Concordo! triste sina!

  • Anónimo

    Migalhas para uns, é certo. Mas para outros, aquel...

  • Anónimo

    Mais grave, veja mais além, note que grão a grão l...

  • Anónimo

    migalhas

  • Anónimo

    Em desabafo com outra colega, e porque já nada ma...

  • Anónimo

    Vergonhoso o projecto lei dos verdes, quando vemos...

  • Anónimo

    Haja alguém que olhe por nós, vá-lha-nos Deus! Irr...

  • Anónimo

    Mais 15,5%. É sempre a subtrair até ao limiar da p...

  • Anónimo

    Uns têm direito à jubilação a 100% da remuneração ...

  • Anónimo

    Vergonhoso o projecto lei dos verdes, quando vemos...

  • Anónimo

    Do regime diferenciado da aposentação passamos par...

  • Anónimo

    Se assim considera, é porque tem razões. Mas está ...

  • Anónimo

    E ala é o quê

  • Anónimo

    Errado!O subsídio de recuperação foi um aumento de...

  • Anónimo

    Está boa, a não esquecer "Grefier".Os ministros in...

  • Anónimo

    Com papas e bolos...

  • Anónimo

    Quer o SOJ acompanhe ou não a greve do SFJ, o deve...

  • Anónimo

    Integração do suplemento em 2022? Não pode ser. Is...

  • Anónimo

    Nada de novo para os escravos da (in)justiça

  • Anónimo

    PALAVRAS LEVAS O VENTO HÁ ANOS E ANOS

  • Anónimo

    Isso já nos leva para o campo da (des)organização ...

  • Anónimo

    Os OJ já se aposentam aos 65 anos.O Sr. Sócrates f...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"






    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................