Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 7 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

...............................................................................................................................
| | | - COVID-19
[1] - Compilação de Sugestões de Medidas de Proteção Práticas para Oficiais de Justiça
[2] - Consulte aqui os dados oficiais diários atualizados da DGS e infografias
[3] - Consulte também aqui, em primeira mão, as notícias que a agência Lusa fornece para a comunicação social, entretanto com acesso gratuito

...............................................................................................................................

Sexta-feira, 27.05.16

O Segundo Episódio

      A revista “Nova Gente” acaba de publicar uma segunda parte do mesmo vídeo relativo àquela festa de Carnaval aqui abordada no passado fim de semana, em que alguns Oficiais de Justiça no Campus da Justiça de Lisboa participaram e, infelizmente, colocaram o vídeo para acesso público na Internet.

      A referida revista aproveitou o vídeo para o dividir em dois episódios (pelo menos para já). Na primeira parte (ou primeiro vídeo da semana passada) já toda a gente sabe que era relativo à dança com o bengaleiro. Esta segunda parte é a continuação da mesma festa, com um momento em que a brincadeira se dirige a um dos colegas.

      Nada de novo nem de relevante, tanto mais que a tal festa já foi suficientemente abordada e esclarecido todo aquele saudável comportamento. No entanto, a brincadeira assume agora contornos graves, uma vez que a referida revista vai mais longe e persiste na sua sensacionalista visão que polui, não só os seus leitores – isso já é um facto incontornável – mas a extrapolação que se vem fazendo daquela estúpida interpretação distorcida.

      Logo na capa, e em grande destaque, referem-se coisas como: “Novo vídeo polémico abre guerra na justiça”. Nesta afirmação a única coisa acertada é que o vídeo poderá ser polémico. Sim, é verdade, porque há quem o queira interpretar como sendo o dia-a-dia daquela secção ou mesmo dos tribunais deste país e, assim interpretado, é polémico, mas interpretado pelo aquilo que verdadeiramente é, ou seja, uma vulgar e sã brincadeira num convívio e numa festa, fora de horas e para o filme, então nem sequer é polémico, por ser natural.

      Por isso, na afirmação: “Novo vídeo polémico abre guerra na justiça” não há nada de verdade: o vídeo não é novo, não é polémico e não abriu nada, muito menos uma guerra.

      Mas há mais: na capa consta ainda outra afirmação: “Novo escândalo no tribunal”. Novamente é uma afirmação falsa, porquanto não só não há nada de novo como nem sequer há escândalo e nem aquilo se passa num tribunal, pois os serviços do Ministério Público não são tribunal.

      Mas a distorção da realidade ganha contornos preocupantes com outra afirmação, também na capa e que diz assim: “Álcool e brincadeiras com algemas e de assédio sexual no campus da justiça”. Ou seja, na mesma frase mistura-se álcool, sexo e algemas, faltaram as referências às drogas e ao rock & roll, embora já soubéssemos que a música de fundo era do Joe Cocker.

      As imagens não revelam nada disso. As imagens revelam ainda pratos com comida e garrafas cheias com bebida, o que é típico numa festa. Os pratos com comida também estão lá e não foram motivo de realce: “Escândalo: Comem no Serviço!” ou “Escândalo: Comida por todo o lado!”, ou talvez sejam estes os próximo títulos para as próximas revistas.

      O facto das garrafas estarem cheias – e não vazias – também não foi motivo para se afirmar que, certamente, os intervenientes não estariam alcoolizados. Não basta dizer em letras grandes “Álcool” e já o povo lê: “Estavam todos grossos”.

      Quanto às demais brincadeiras, seja com ou sem algemas, com ou sem chapelitos e gaitas ou confetis, a par de manifestações de afeto ou provocações galhofas, num ambiente de descontração e convívio, nem vale a pena falar mais disso. Este não é um país árabe, com leis religiosas fundamentalistas. Aqui os homens e as mulheres convivem sadiamente uns com os outros e podem todos beber as bebidas que quiserem, mesmo, pasme-se, as que contém álcool, o que já não é permitido em determinados países.

      A revista “Nova Gente” só faltou mesmo atirar para a capa: “Escândalo: As Funcionárias não vestiam burca” ou até: “Escândalo: Nem burca, nem véu, nem lenço que cobrisse os cabelos, abre guerra na justiça”.

      Quanto às imagens desta segunda parte, desta vez só estão acessíveis a quem comprar aquela revista e aí obtenha um código de acesso para ver tais imagens. Diz-se assim: “Exclusivo: código de acesso ao vídeo no interior da revista”. Portanto, como aqui não se faz, nem nunca se fez, tensão de adquirir a coisa, não temos vídeo.

NovaGenteCapa2.jpg

      É evidente que aquela revista é assim e tem o seu mundo de leitores e todos admitimos que já alguma vez a folheamos, no passado, quando não havia “smartphones” para consultar algo mais interessante e a encontrávamos atirada em mesas de salas de espera, assim passando o tempo com um sorriso nos lábios perante tão estapafúrdios temas. Mas não podemos admitir que se enxovalhe a dignidade daquelas pessoas, cujas caras são exibidas na revista e, muito menos, podemos admitir que se enxovalhem todos os que trabalham seja no Campus da Justiça de Lisboa, seja em qualquer órgão judiciário do país.

      Esta publicação, com a sua deturpação e distorção da realidade, ofende, denigre, difama, desacredita e mancha a honorabilidade dos Oficiais de Justiça de Portugal.

      Assim sendo, pese embora as reações dos sindicatos que representam esta classe, um num sentido outro noutro, o que os Oficiais de Justiça verdadeiramente esperam é uma reação esclarecedora imediata com publicação naquela mesma revista e com o mesmo destaque, por parte do Conselho que os representa, isto é, o Conselho dos Oficiais de Justiça (COJ).

     Fossem imagens de magistrados e já os respetivos conselhos teriam vindo com comunicados públicos esclarecer o público, seja ou não leitor daquela revista, por isso, o Conselho dos oficiais de Justiça deve ter uma intervenção idêntica, aliás, basta copiar a postura e os esclarecimentos públicos prestados pelo Conselho Superior da Magistratura (CSM), relativamente a tantas notícias deformadoras da realidade, para se elaborar um cabal e necessário esclarecimento que limpe o melhor que for possível o obscurantismo que sobre estes profissionais se pretende abater.

      É certo que há quem defenda a inação, afirmando essencialmente que a revista e os seus leitores não têm importância alguma e mais vale ignorar a revista e os seus leitores. Mas aqui defende-se uma postura diferente. Se bem que a primeira vez ainda pudesse ser ignorada, uma segunda já é demais e mesmo que seja só para tentar esclarecer os leitores da revista, o que poderá nunca se conseguir, há de haver pelo menos um leitor, algum dia, numa sala de espera sem Internet “WiFi”e cujo “plafond” mensal da sua Internet esteja esgotado, que poderá pegar numa coisa daquelas e ler o esclarecimento e se for só esse o leitor, pelo menos um que seja, já terá valido a pena não deixar passar esta ignomínia caluniosa em branco, porque é falsa e desformada e perverte a realidade e os Oficiais de Justiça.

COJ-SalaPlenario2.jpg

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:07


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Uma vergonha. Mais um incentivo para a saída dos O...

  • Bad connection . . .

    Vergonha . . .Por este andar metade dos funcionári...

  • Anónimo

    Quadro 4: Contagem dos trabalhadores por grupo/car...

  • Anónimo

    com muitos a achar que as suas categorias de Auxil...

  • Anónimo

    Obrigado, já li. Com excepção do atendimento ao pú...

  • Anónimo

    "Fontes do sector dizem que a verdadeira razão do ...

  • Anónimo

    Ah ok, foi publicado hoje e entra em vigor daqui a...

  • Anónimo

    Lei n.º 16/2020

  • Anónimo

    ??????????????????????????????????????????????????...

  • Anónimo

    Ja agora, uma perguntinha. A lei para a reabertura...

  • Anónimo

    Art 38 da Lei do Orcamento de Edtado 2020: 1 - A r...

  • Anónimo

    Esta pergunta só pode ser uma brincadeira de mau g...

  • Anónimo

    Experimente ler o Art. 13 b, do DL 10-A/2020, na r...

  • Anónimo

    Qual Lei?

  • Anónimo

    A gestão da pandemia começa a ficar nas mãos dos b...

  • Anónimo

    "Portugal tem de reforçar a quantidade e a qualida...

  • Anónimo

    Ainda vamos ter jogos de futebol antes de termos o...

  • Anónimo

    E a lei para a reabertura dos tribunais ja foi pub...

  • Anónimo

    Sei que a classe está envelhecida, mas quem ouvir ...

  • Anónimo

    O prazo de 15 dias anunciado para o inicio das neg...

  • Anónimo

    Diário da República n 103/2020, Série Ii de 25-05-...

  • Anónimo

    A lei obriga ao uso de máscara em espaço fechados ...

  • Anónimo

    Claro que sim! Nos Tribunais é obrigatório o uso d...

  • Anónimo

    Vai tu, otário!

  • Anónimo

    Para mim é claro que a lei continua a ser sabotada...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"


    subscrever feeds





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................