Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 6 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

GREVE EM CURSO:
Está a decorrer entre o dia 22JAN e o dia 21DEZ de 2020 a greve decretada pelo SOJ ao trabalho fora das horas normais de expediente, em dois períodos de cada dia: um período de 1 hora entre as 12H30 e as 13H30 e outro período de 16 horas, depois das 17H00 até às 09H00 do dia seguinte. Esta greve abrange todos os Oficiais de Justiça, sindicalizados ou não, perante qualquer diligência, ainda que tenha caráter urgente, na hora de almoço, existindo no entanto serviços mínimos decretados para o 2º período com um total de 16 horas, depois das 17H00.
Pode aceder por aqui ao ofício da DGAJ contendo a indicação dos serviços mínimos.
...............................................................................................................................

Quinta-feira, 13.08.15

Os Comentários Anónimos

     Esta página na Internet tem servido como ponto de encontro, entre outros, dos mais de 600 candidatos ao ingresso na carreira de Oficial de Justiça no movimento extraordinário em curso.

     Especialmente estes candidatos, ao longo dos últimos meses, têm acedido e colocado inúmeros comentários (neste momento mais de 2100) sobre diversos assuntos mas especialmente centrados nas problemáticas do concurso.

     Ao longo destes meses e na enxurrada de comentários pelos diversos artigos publicados, foram-se abordando temas variados, interessantes e com aportações esclarecedoras, mantendo-se até conversas entre os comentadores que serviram para elucidar não só os próprios mas todos os leitores.

     Todos os comentários colocados nesta página não passam por qualquer tipo de verificação prévia ou moderação (leia-se censura) como sucede em tantos outros sítios, nem são censurados em momento posterior, embora tenha havido solicitações nesse sentido, tendo sido apenas eliminados, a pedido dos leitores e dada a insistência e flagrante contaminação, de uma intrusão com intuitos publicitários de alegados empréstimos financeiros, tendo sido o autor devidamente advertido do procedimento.

     A liberdade de expressão acontece de facto nesta página, não sendo obrigatório qualquer tipo de registo, sendo possível o comentário anónimo ou com alcunha e não havendo sequer qualquer controlo de endereços de IP.

     Pese embora este sítio seja assim aberto, tal abertura não tem sido sempre aproveitada de forma correta ou construtiva e disso mesmo se queixam muitos outros comentadores, perante comentários desadequados e desenquadrados ou sem a devida postura de tolerância perante os outros.

     É certo que a Internet e o anonimato permitem que aquilo que há de mau nas pessoas possa vir ao de cima, sem quaisquer filtros, e é precisamente isso que a generalidade dos comentadores contesta e mostra desagrado relativamente a comentários não só desadequados mas contendo até grau desnecessário de agressividade.

ComputadorOdioInsulto.jpg

     Vem isto a propósito não só da leitura dos últimos comentários, que, aliás, constituem uma constante dos últimos meses, mas também a propósito de um artigo ontem publicado sobre este mesmo assunto, que aborda precisamente os comentários negativos e anónimos publicados na Internet.

     Por considerar que possa ter interesse, a seguir se reproduz tal artigo.

     «Remoer emoções negativas e procurar uma espécie de vingança sobre elas nunca foi positivo. No entanto, a Internet e as redes sociais proporcionam que isto se faça mais facilmente e de forma impune, por estarmos protegidos pelo ecrã do computador. É comum recebermos nos nossos “feeds” das redes sociais mensagens de amigos que estão carregadas de ódio e sentimentos negativos. Ir ao Facebook, por exemplo, e escrever algo sobre um amigo que desiludiu ou o chefe que passou um raspanete pode criar a falsa sensação de vingança e orgulho.

     No entanto, partilhar uma frustração deste género com um amigo, através de uma mensagem ou e-mail, ou com o mundo, através das redes sociais, apesar de proporcionar uma sensação de alívio imediata, vai trazer mais ódio e agressividade num segundo momento, mostram os estudos. E mais, as pessoas que o fazem de forma anónima são as que mostram índices mais altos de agressividade.

     “Só porque uma coisa nos faz sentir melhor não quer dizer que seja saudável”, explica Brad Bushman, professor de comunicação e psicologia na Universidade The Ohio State, em Columbus, nos Estados Unidos, em declarações ao “Wall Street Journal”.

     Frequentemente estas pessoas começam a alienar amigos e família, preferindo as redes sociais para expressar os seus sentimentos, revelando problemas de controlo de raiva. Além disso, não podemos esquecer que o que colocamos na Internet fica lá para sempre e, mais tarde, pode ser prejudicial para a nossa vida pessoal ou profissional.

     O psicólogo conduziu vários estudos que mostram que extravasar raiva e frustração desta forma não é benéfico. Em todos, percebeu que as pessoas que têm tendência para “ruminar” os assuntos são as que têm mais propensão para a agressividade.

     O filósofo Aristóteles defendia a “Kátharsis” (catarse), ou seja, a purga das emoções, libertando-as. Mais recentemente, o psicanalista Freud defendeu o modelo hidráulico, que defendia que se uma pessoa não liberta a raiva que guarda dentro de si, esta vai crescer e pode atingir níveis perigosos.

     Nos dias de hoje, Bushman diz que a maioria das pessoas ainda acredita nesta tese, mesmo que não existam estudos científicos que a provem.

     Antes da Internet existir, para aliviar sentimentos negativos contra alguém era comum telefonar ou fazer uma visita pessoal. Isto criava mais tempo para reflexão e para ver a situação de outros ângulos. Além disso, a interação permitia um maior controlo sobre as nossas emoções e perceber quando é que os limites estão a ser ultrapassados.

     Bushman recomenda que, em vez de endereçarmos ao mundo a nossa raiva e frustração através da internet, devemos focar-nos nos componentes psicológicos e cognitivos da nossa raiva.

     Assim, deve adiar uma resposta imediata à situação que o aborreceu, tentando acalmar-se contando até dez, respirando fundo e ouvindo música calma. É ainda útil desligar o computador e o telefone até que a raiva se dissipe e ainda bloquear o número da pessoa em causa, para não cair na tentação de enviar uma mensagem.

     Depois, distraia a mente com a leitura de um livro, uma caminhada ou outra atividade que seja incompatível com raiva. O importante é distanciar-se da situação e da pessoa que desencadeou os sentimentos negativos que vive.»

     Artigo subscrito por Joana de Sousa Costa in “SapoLifeStyle

EspantoFrenteComputador.jpg

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:03


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

.................................................. Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2015

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    ok, obrigado

  • oficialdejustica

    Bom dia Pedro! Não são só os "Provisórios". Há "De...

  • Anónimo

    Uma dúvida se me puderem esclarecer. Quem é que ga...

  • Anónimo

    consertos, precisam-se...

  • Ana Costa

    Até 31-12-1911, a hora legal em Portugal Continent...

  • Anónimo

  • Anónimo

  • Anónimo

    https://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/fernanda-canc...

  • Anónimo

    Não são gente

  • Anónimo

    Esqueçam os auxiliares

  • Anónimo

    Claro, os adjuntos e ainda mais, os escrivães auxi...

  • Anónimo

    E os adjuntos e auxiliares que se f.........

  • Anónimo

    Claro que terão de ser despromovidos. Mas a DGAJ, ...

  • Anónimo

    Como este já houve muitos mais e com tendência a a...

  • Anónimo

    Quando muitos de nós começarem a tomar a decisão q...

  • Anónimo

    Para secretários! então os novos não vão ser despr...

  • Anónimo

    mais que consabido. mais importante do que refleti...

  • Anónimo

    Existem grandes interesses ocultos para os lugares...

  • Anónimo

    Existem grandes interesses ocultos para os lugares...

  • Anónimo

    Convém ter uma comadre ou a "coisa" se quiserem, p...

  • oficialdejustica

    Sim, é possível. Peça pelo e-mail geral: OJ@sapo.p...

  • Anónimo

    seria possível enviar exemplares para ter uma idei...

  • Anónimo

    Há quem tenha descontos no tempo e fica para trás;...

  • Anónimo

    Não percebo a ordenação das listas. Quem chega mai...

  • Anónimo

    Muito bom artigo, como sempre. Este blog já fez ma...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"


    subscrever feeds





    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................