Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Esta página é uma iniciativa informativa DIÁRIA especialmente vocacionada para Oficiais de Justiça. De forma independente da administração da justiça e dos sindicatos, aqui se disponibiliza a informação relevante com um novo artigo todos os dias.



Domingo, 07.10.18

Os Dados do Citius

      «Fala-se muito na proteção dos dados pessoais. O que são e como se protegem?

      Dados pessoais são todas as informações que permitem, direta ou indiretamente, identificar as pessoas, como o nome e o número de identificação civil. Mas os dados pessoais abrangem igualmente informações sobre os aspetos mais reservados e íntimos de cada um. Estes dados mais sensíveis incluem informação sobre dados genéticos, culturais, sociais, filiação partidária, aspetos financeiros, origem étnica, religião, saúde e vida sexual, entre muitos outros.    

      O Citius – sistema informático dos Tribunais Judiciais – contém informação sobre centenas de milhares de processos e dados extremamente sensíveis sobre a vida dos seus intervenientes. Para além da identificação, dispõe de informações íntimas e reservadas sobre todos os aspetos da vida de milhões de pessoas.

      A proteção dos dados pessoais é obrigatória por lei, sendo esta especialmente exigente quando estão em causa informações sensíveis, como aquelas armazenadas no Citius. A obrigação de proteção implica a adoção de especiais medidas de segurança que impeçam o acesso a pessoas não autorizadas e a utilização indevida dos dados, mesmo pelas pessoas que podem aceder ao sistema. A entidade competente para controlar e fiscalizar o cumprimento das normas legais de proteção de dados pessoais é a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD), uma entidade administrativa independente, com poderes de autoridade e que funciona junto da Assembleia da República.  

      Em 2009, em entrevista, a Presidente da CNDP afirmou que a Comissão nunca foi ouvida durante o processo de constituição do Citius e disse que a realização de uma auditoria era uma hipótese que não estava afastada. Cinco anos depois, em 2014, repetiu que estava a equacionar a realização de uma auditoria ao Citius. Passaram mais 4 anos e há dias, em declarações prestadas a um canal de TV, fez esta afirmação espantosa: “não fizemos nenhuma inspeção/fiscalização nos últimos anos”.

      A conclusão é assustadora e inaceitável. Pelos vistos, desde a sua implementação, o Citius nunca foi sujeito a qualquer fiscalização por parte da entidade competente. E, como se não bastasse aquela confissão pública de incumprimento da lei, do Ministério da Justiça – ou dos seus departamentos – não se ouviu uma palavra nem se viu uma ação.

      Porquê? Quem garante, afinal, que os dados pessoais armazenados no Citius não podem ser acedidos por pessoas não autorizadas ou usados abusivamente por quem pode aceder ao sistema? Estas perguntas ganham importância acrescida porque acontecimentos recentes indiciam que isso pode não ser já uma hipótese teórica.

      Era bom que o Ministério da Justiça dissesse se concorda com a afirmação da Presidente da CNPD – feita nesta última entrevista, como se fosse uma coisa normal – que os acessos ilegítimos são inúmeros, que se trata de uma prática generalizada e que cabe a cada organização ensinar aos seus trabalhadores que não devem fazer isso. Ou então, se não concorda, que explicasse o que tem feito ou planeia fazer para o evitar.

      Se for verdade o que diz a Presidente da CNPD, ficámos todos a saber que ninguém fiscaliza o tratamento e armazenamento dos dados pessoais do Citius. O Ministério da Justiça, aparentemente, não está muito preocupado com isso. A lei não se cumpre, os responsáveis dizem isso com toda a tranquilidade e ninguém se demite nem é demitido. É notável.»

TecladoSeguranca.jpg

      Fonte: reprodução do artigo subscrito por Carla Oliveira na Sábado, aqui acessível pela hiperligação incorporada.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:07


2 comentários

De Anónimo a 08.10.2018 às 11:47

Haverá muita gente a quem a pesquisa dos seus dados fará espécie, ser for feita pelo estado - o que se compreende se for feita de forma inapropriada.
Contudo, esses mesmos expõem a vida toda no face, no twiter, no instagram e isso já não os incomoda. Pagam tudo com multibanco e admiram-se que o seu banco e outras entidades saibam se têm cancro, se fumam, se usam contraceptivos, se têm hemorróidas ou diarreia, onde comem e o que comem, se devem e a quem devem...enfim, expõem todos os seus hábitos de vida e aí, já não se importam.
Chegámos, como sociedade, a todos os extremos. Em nada impera o bom senso ou o meio termo.

De Anónimo a 08.10.2018 às 12:57

Bom senso? O que é isso?

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt .................................................. PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    https://ainsustentvellevezadacerteza.blogspot.com/...

  • Anónimo

    Algum funcionário público, apenas com o produto do...

  • Anónimo

    https://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/c...

  • Anónimo

    Apresentem pré aviso de greve para as eleições par...

  • Anónimo

    Tolerância de ponto + ou - !Para os oficiais de ju...

  • Anónimo

    https://observador.pt/especiais/greve-dos-enfermei...

  • Anónimo

    Só falta mesmo andarmos todos de leggies e com uma...

  • Paulo Carneiro

    Verdade!

  • Anónimo

    Como é evidente, quem apresenta aquelas "grandes l...

  • Anónimo

    O que vamos fazer?Ou pára isto tudo um mês, ou daq...

  • Anónimo

    Esse "faço de conta que trabalho" é verdade para a...

  • Anónimo

    Carlos César entende que as várias greves em curso...

  • Anónimo

    https://oficialdejustica.blogs.sapo.pt/as-capas-do...

  • Anónimo

    Também acho.Mas há ali qualquer coisa que faz sent...

  • Anónimo

    Totalmente de acordo. É ridiculo, ver os colegas a...

  • Anónimo

    Eles fazem conta de que me pagam......e eu faço de...

  • Anónimo

    ASSIM NÃO DÁ!O QUE É QUE VAMOS FAZER?Como isto est...

  • Anónimo

    Essas linhas servem para não haver Estatuto antes ...

  • Anónimo

    Perfeito colega.

  • Anónimo

    E tirem do estatuto as malditas capas.Quem faz sal...

  • Anónimo

    como diria um tal Coelho, que se lixe o estatuto. ...

  • Anónimo

    Cinco anos de negociações a par de cinco anos de g...

  • Anónimo

    Só nos resta reivindicar junto dos partidos do arc...

  • Anónimo

    Vamos lá começar mais cinco anos de negociações...

  • Anónimo

    E a austeridade acabou!O que seria se não tivesse ...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no "Google+", ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- Google+

    7- Assinantes por "e-mail"






    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................