Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Esta página é uma iniciativa informativa DIÁRIA especialmente vocacionada para Oficiais de Justiça. De forma independente da administração da justiça e dos sindicatos, aqui se disponibiliza a informação relevante com um novo artigo todos os dias.



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES A DESTACAR:
Veja na Lista de Publicações/Legislação (com acesso acima, na linha das Listas, junto ao cabeçalho) as duas últimas publicações com interesse para os Oficiais de Justiça:
[1]- O anúncio da data para as eleições dos vogais do Conselho dos Oficiais de Justiça.
[2]- O aviso prévio da publicação em DR de aviso para novo Movimento Extraordinário a realizar no próximo mês de novembro, com a indicação dos lugares disponíveis.
...............................................................................................................................

Segunda-feira, 08.07.19

Procura e Oferta de Alojamento para Oficiais de Justiça; mais uma iniciativa

      Embora sempre tenha sido assim, hoje, no entanto, assistimos a uma situação que afeta uma grande parte dos Oficiais de Justiça e que é a de estar deslocado do seu domicílio, tão longe que não lhe é possível realizar deslocações diárias e, pior ainda, durante tanto tempo, tentando a sorte apenas uma vez por ano.

      A deslocalização dos Oficiais de Justiça obriga-os a arrendar casas por todo o país e, em face dos rendimentos precários que hoje detêm, a partilhar os alojamentos, transformando até as salas de estar ou de comer e arrecadações sem janela nem ventilação em quartos para poderem acolher mais gente e, assim, baixar os custos com o alojamento.

      Há, portanto, Oficiais de Justiça constantemente à procura de alojamento, especialmente alojamento partilhado, tal como há constantemente Oficiais de Justiça com algum quarto livre que gostariam de rentabilizar.

      Tendo em conta esta situação, criamos uma nova lista de anúncios relacionados com o alojamento de e para Oficiais de Justiça. Nesta lista anuncia-se quem procura alojamento em determinada localidade ou área, seja por ali já residir para pretender mudar ou porque para ali irá ser colocado e, ao mesmo tempo, quem tiver algum quarto ou casa inteira para arrendar poderá também anunciar essa oferta.

      Deste modo, neta lista, estarão os anúncios de quem procura e também de quem tem oferta de alojamento.

      Observa-se que a intenção da lista é a de anunciar apenas alojamentos com caráter permanente para os Oficiais de Justiça, isto é, esta lista não se destina aos anúncios dos Alojamentos Locais que muitos Oficiais de Justiça têm, uma vez que para este tipo de arrendamento, já existem sítios de anúncios especializados.

      O que se pretende com esta lista é anunciar quem procura ou quem oferece alojamento que sirva para todo o ano o Oficial de Justiça deslocado, esteja sozinho e até pretenda um simples quarto ou acompanhado da sua família e pretenda uma residência inteira.

      Esta lista pretende que os anúncios sejam apenas de Oficiais de Justiça, a título particular, e, ainda que aufiram alguma renda, não sejam negócios imobiliários de qualquer índole, pelo que não é correto colocar anúncios por parte de empresas imobiliárias, ou de negócios de Alojamento Local, enquanto oferta temporária, a não ser que, nesse âmbito do Alojamento Local, haja uma proposta que permita a alguém para ali ir residir todo o ano durante dois ou três anos ou mesmo mais, de forma permanente e por um valor ajustado dentro da normalidade das rendas da área.

      Esta lista de anúncios de procura e oferta de alojamento é idêntica às anteriores listas já criadas relativas aos pedidos de permutas e à da partilha de carros e viagens.

      Na lista de anúncios, cada um expõe a sua situação, de procura ou de oferta, explicando o que pretende ou o que tem para oferecer. O anúncio é exibido de forma anónima e os contactos são privados.

      Na lista – que já está disponível para acesso, acima no cabeçalho – pode ver a descrição dos anúncios e os exemplos que lá constam.

      Como colocar um anúncio na lista?

      É muito simples: basta com enviar o pedido para o endereço de correio eletrónico dedicado a esta iniciativa e que é o seguinte: ProcuraAlojamento@Sapo.Pt

      Nota: para quem não sabe, embora aqui se coloquem maiúsculas e minúsculas no endereço de correio eletrónico, nestes endereços tal é indiferente; pode escrever como quiser, tudo maiúsculas, tudo em minúsculas ou uma mistura de tudo, o que interessa são as letras próprias, por isso não precisa de escrever o endereço exatamente da mesma forma como está apresentado, escreva como quiser, com ou sem maiúsculas ou misturando tudo, o que interessa é que esteja completo. A apresentação do endereço desta forma serve apenas para que possa ser mais percetível.

      Uma vez recebido o anúncio, este será inserido na lista e assim publicitado, identificando-se com uma referência alfanumérica sequencial. Quando alguém estiver interesse nesse anúncio comunicará tal interesse para o mesmo endereço de correio eletrónico e, então, enviaremos para o e-mail do anunciante a manifestação de interesse, podendo este contactar a pessoa que manifestou interesse.

      Todos as comunicações por e-mail serão respondidas, desde a informação sobre o registo, com o número atribuído e outros dados, até às informações sobre as manifestações de interesse que ocorram. Por regra, as respostas são dadas no mesmo dia.

      Esta página e mais esta iniciativa limitam-se a disponibilizar este ponto de encontro não tendo mais intervenção nem interesse para além do simples interesse em poder contribuir para proporcionar a todos os Oficiais de Justiça melhores condições no seu esforçado dia-a-dia.

      Portanto, esta nova iniciativa, embora constitua mais um acréscimo de trabalho para esta página, vem, com gosto, apresentar esta nova contribuição, cuja necessidade há já muito se impunha resolver.

      Esta página, criada em 2013, teve sempre, e tem ainda, como propósito primordial contribuir para a melhoria das condições de vida e trabalho dos Oficiais de Justiça, sem mais nenhum interesse que não seja esse mesmo, assim agindo diariamente, não só com iniciativas destas mas mesmo quando se critica algo ou se reflete sobre algo; trata-se, igualmente, de um contributo para a construção de uma nova mentalidade e espírito comum que, necessariamente, contribui em benefício geral.

      Assim, a reter:

      e-mail dedicado: ProcuraAlojamento@Sapo.pt

      Lista de anúncios: "ProcuraAlojamento".

ProcuraAlojamento@Sapo.pt.jpg

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas/"Tags":

às 08:08


19 comentários

De Anónimo a 08.07.2019 às 19:09

Gostei. As listas são uma boa ajuda para quem precisa.

De Anónimo a 08.07.2019 às 19:09

Lista de partilha de carros, lista de anúncios de alojamento, só falta a lista de partilha de refeições.
Ao ponto que chegou a classe dos oficiais de justiça.
Entretanto estão a mendigar.
Espero que o senhor diretor-geral da administração da justiça, a senhora secretária de estado e, sobretudo a senhora ministra da justiça, façam uma reflexão profunda sobre o que está a acontecer a esta profissão.

De Anónimo a 08.07.2019 às 20:25

Para solucionar este problema gravíssimo, sugere-se que em Lisboa Porto e em algumas cidades, em que o mercado de arrendamento é inacessível ao rendimentos dos oficiais de justiça, a criação de parques de campismo para oficiais de justiça.
Todos juntos, contactáveis e disponíveis 24 horas por dia, ao serviço da justiça.
Não há dinheiro para todos e os oficiais de justiça, mais uma vez podem esperar.
Podem esperar para constituir família e, aqueles que já a têm ou que ainda a têm, poderem esperar para verem os filhos a fim do dia, porque o julgamento se prolongou ou apareceu mais um interrogatório judicial, podem esperar para almoçar, porque o julgamento continuou durante a hora de almoço, podem esperar por uma revisão de estatutos, podem esperar pelos senhores magistrados e advogados enfim podem sempre esperar.

De Anónimo a 08.07.2019 às 23:04

Alterações ao regime da aposentação.
Segundo noticiado pelo "observador":
"A proposta do Governo, que poderá ainda sofrer alterações no âmbito da discussão com os sindicatos, o funcionário abrangido por regime especial de aposentação só poderá beneficiar das novas regras se “renunciar expressa e definitivamente ao regime especial, para todos os efeitos, antes de a pensão ser atribuída.
Entre os regimes especiais de aposentação estão os militares, as forças de segurança, os bombeiros, titulares de cargos políticos, os juízes, os magistrados e os diplomatas, que têm regras mais favoráveis de aposentação face à generalidade da função pública".
Os oficiais de justiça são corpos especiais mas sem estatuto especial de aposentação.
Já o foram, durante décadas e reconhecidos por diversos governos, incluindo pelo atual primeiro ministro.
Espero que os sindicatos que representam os funcionários judiciais ainda tomem alguma iniciativa sobre esta matéria.
A última que lhes resta.
Uma legislatura igual a zero!
Os sapadores da justiça reclamam justiça!


De Anónimo a 09.07.2019 às 20:04

Boa tarde. Alguém me poderá informar se com a licenciatura em solicitadoria posso exercer funções como oficial de justiça?

De Anónimo a 09.07.2019 às 20:41

Os sapadores dos Tribunais.
Uma designação que devíamos adotar.
Na verdade somos isso mesmo.

De oficialdejustica a 09.07.2019 às 22:09

Pode; há muitos Oficiais de Justiça com essa e tantas outras licenciaturas. Mas se se refere a poder candidatar-se à profissão com tal habilitação, então já não pode, porque não há previsão para tal (neste momento).

De Anónimo a 10.07.2019 às 01:51

Então como é que conseguem chegar a oficiais de justiça?
Desculpe as perguntas, mas é uma profissão que realmente me desperta interesse!

De Anónimo a 10.07.2019 às 15:11

Só entram uns meninos com curso encomendado. Esqueça isso, não é pa si.

De Anónimo a 10.07.2019 às 16:35

Também pode ser por sucessão hereditária fundada ou não em mortis causa

De oficialdejustica a 10.07.2019 às 17:40

Resposta ao comentário do Anónimo de 10-07-2019 às 01:51: Os candidatos devem reunir alguns requisitos para o acesso e para os conhecer todos poderá consultar o último aviso da última abertura de um concurso para ingresso, aberto este ano e ainda não concluído, consultando o Diário da República a que acede diretamente com o seguinte endereço do referido aviso: https://dre.pt/pesquisa/-/search/119633184/details/normal?l=1

Estas são as condições atuais. É certo que estão desfasadas da realidade atual e carecem de atualização e isso mesmo está a suceder com a revisão do Estatuto profissional que talvez possa estar concluída no próximo ano 2020 mas de momento é o que há porque não foi possível concluir este ano nem nesta legislatura a revisão, embora as negociações tenham durado muito tempo nesse sentido e até foram constituídos dois grupos de trabalho para tudo concluir no abandono do Governo, não querendo continuar as negociações nesta legislatura. Por isto mesmo (embora não só) na semana passada houve greves dos Oficiais de Justiça e já nesta sexta-feira próxima haverá mais um dia de greve, porque os Oficiais de Justiça querem ver isto alterado e corrigido e querem-no há anos e até já fizeram muitas greves por isto mesmo, sendo o resultado o que se vê.

De Anónimo a 10.07.2019 às 21:59

Muito obrigada por me ter esclarecido! Eu tenho estas dúvidas porque estou a pensar entrar no curso de solicitadoria em setembro, e como profissão gostaria de ser oficial de justiça. Sabe se estes requisitos irao ser alterados daqui a uns anos?

De oficialdejustica a 11.07.2019 às 01:19

Veja a resposta (toda) ao comentário aqui colocado por "oficialdejustica" a 10.07.2019 às 17:40, está lá a resposta para isso.

De oficialdejustica a 16.07.2019 às 23:11

Nota importante: As condições são essas e têm sido essas mas o Estatuto prevê também outras, aliás, prevê três tipos de ingresso: O regime regra, o Supletivo e o Especial, onde as habilitações mínimas são o 11º ano de escolaridade. Portanto, a informação antes prestada não é correta porque é incompleta. Vejam-se, entre outros, especialmente os seguintes artigos do Estatuto EFJ: 7º, 8º, 21º, 23º e 31º.

De Anónimo a 12.07.2019 às 20:35

Caro / Cara interessado (a)
Pensa bem se de facto queres fazer parte desta equipa porque, alerto-te já, que as perspectivas não são boas...melhor, não são nada boas...tenho 18 anos de profissão, estou na categoria mais baixa, no 2º escalão de vencimento, tive 15,5 valores na prova para Secretário de Justiça e nunca vou conseguir lá chegar e nem sequer levo 1000€ para casa ao final do mês...pensa bem, a não ser... que tenhas bons conhecimentos/cunhas e consigas ir para o Centro de Formação dos Oficiais de Justiça, para o Conselho dos Oficiais de Justiça ou outro sítio equiparado e com ajudas de custo e outros subterfúgios consigas arrecadar uns bons euros para compores o salário mensal...pensa bem

De Anónimo a 17.07.2019 às 00:01

Ao comentário de 12.07.2019 às 20:35
Caríssimos(as)!
Efetivamente deverão pensar muito bem se deverão ingressar ou não nesta carreira...
Como tantos outros, sou Escrivão de Direito há 8 anos, com curso superior, com 30(trinta) anos de serviço na carreira, obtive 16 valores na prova para Secretário de Justiça e sou ultrapassado pela Ilustre colega Escrivã Auxiliar e por muitos outros de categoria inferior(Técnicos de Justiça/Escrivães Adjuntos, bem como Técnicos de Justiça/Escrivães Auxiliares), por mero "salto à vara" , e não embarco em cunhas. É o que temos, com (i)responsáveis da tutela, dos sindicatos, etc, que lamentavelmente, assistem impávidos e serenos, a estas e outras caricatas situações ....na (in)justiça!

De Anónimo a 17.07.2019 às 21:42

Ao caro/cara de 12/7/2019, às 20:35:
Não desista.
Força amigo/a. Vc já deu, ao longo da sua carreira , mais que provas de competência.

De Anónimo a 19.07.2019 às 01:12

oh senhor ou senhora que seja, bora lá..., de escrivão auxiliar a inspetor ou administrador é um saltinho.
São saltos de kanguru que até eu aproveitava no meio da desordem e da confusão que anda neste MINI stereo.
Você com 18 anos de serviço já tem tempo suficiente para ter juizínho e não ser atrevidozinho(a) e sobretudo respeitar os seus colegas que trabalham.

De Anónimo a 19.07.2019 às 01:45

qualificados assistentes operacionais, promovidos por mérito, a lideres nos tribunais. Qual o problema?, com todo o respeito por esta classe.
o atendedor de balcão da CGD de vinhais não chegou a ministro? diz-se neste país que a ração não é para quem se talha mas é para quem a come.
mais um pouquinho à frente e eis que o homem aparece prenho nestas casas com o logotipo de balança, com direito às licenças parentais previstas na lei e depois aparece o cônjuge, ele também homem, coincidentemente também prenho.
O estado sem ser Estado é este.






Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt .................................................. ||| ÚLTIMAS INICIATIVAS ||||
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

.................................................. Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
.................................................. Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Durval Lopes

    Os oficiais de justiça que "trabalham" na DGAJ tam...

  • Anónimo

    Ai fumaste fumaste!

  • Anónimo

    Para perceber terá que explicar melhor como é que ...

  • Anónimo

    Só quem não quer é que não se apercebe de onde vem...

  • Anónimo

    Já saiu em Diário da República?

  • Anónimo

    A justiça nunca foi tão célere como o é agora.Há d...

  • Anónimo

    Os computadores fazem tudo com a ajuda daquele per...

  • Anónimo

    Porra pá, **era comentário**

  • Anónimo

    **era comunário**

  • Anónimo

    Mas que bem!Concordo consigo. Venha depressa retri...

  • Anónimo

    **era documentário**

  • Anónimo

    Boa Donzília:Apreciei o seu cumentário.Abraço daqu...

  • Anónimo

    É por pessoas como você que a Justiça está no esta...

  • Donzília Santos

    Era síndrome e nāo como está escrito.Portaria dos ...

  • Anónimo

    Velho ditado inglês:IF YOU PAY PEANUTS...YOU GET M...

  • Donzília Santos

    Concordo.Nem tudo o que luz é oiro e nesse local d...

  • Anónimo

    Pois vamos, de mal a pior... A profissão está cada...

  • Anónimo

    PRENUNCIADO!!!?? Oficial de Justiça!!!?? Vamos de ...

  • Anónimo

    É incrível o sindicato ainda não ter se prenunciad...

  • Anónimo

    Algum fumo inalado que provoca síndrome da persegu...

  • pvnam

    BOYS E GIRLS DO ANTI-RACISMO E DA ANTI-XENOFOBIA: ...

  • Anónimo

    Bom diaJá que se está a falar em oficiais de justi...

  • Anónimo

    A justificação - que considero que não é compreens...

  • Anónimo

    Há que desfazer a instituição. Mais facilmente se ...

  • Anónimo

    Em tempo**Acrescenta-se que os serviços não ficam ...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"






    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................