Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oficial de Justiça

Bem-vindo/a ao DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL publicação periódica independente com 8 anos de publicações diárias especialmente dirigidas aos Oficiais de Justiça



oficialdejustica.blogs.sapo.pt
DIÁRIO DIGITAL DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DE PORTUGAL (DD-OJ)
As publicações desta página podem ser encontradas diariamente em diversas plataformas:
oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt oficialdejustica.blogs.sapo.pt

...............................................................................................................................
| | | - COVID-19
[1] - Compilação de Sugestões de Medidas de Proteção Práticas para Oficiais de Justiça
[2] - Consulte aqui os dados oficiais diários atualizados da DGS e infografias
[3] - Consulte também aqui, em primeira mão, as notícias que a agência Lusa fornece para a comunicação social, entretanto com acesso gratuito

...............................................................................................................................
FERIADOS MUNICIPAIS NESTA SEMANA:
- 01MAR-Seg - Tomar
- 02MAR-Ter - Vila Nova de Paiva
- 04MMAR-Qui - Manteigas
- 05MAR-Sex - Ferreira do Alentejo
& pode ver + no Calendário do Oficial de Justiça 2021
...............................................................................................................................

Segunda-feira, 28.09.20

Quarta e Sexta-feira sem Serviços Mínimos

      Os serviços mínimos para a greve desta semana, e ao contrário de tantas greves no passado, são efetivamente mínimos.

      Por acórdão do Colégio Arbitral fixaram-se os serviços mínimos óbvios: apenas um dia: a quinta-feira.

      A decisão do colégio arbitral foi tomada por unanimidade e é a que a seguir se reproduz:

    “.1. Não fixar serviços mínimos para os dias 30 de setembro e 2 de outubro de 2020.

      .2. Para o dia 1 de outubro, são fixados os seguintes serviços mínimos:

           .a) Em cada tribunal ou juízo materialmente competente para a execução dos atos referidos pelo SOJ na reunião de Promoção de Acordo, e aceite pela DGAJ nas suas alegações, os serviços mínimos devem ser garantidos por 2 (dois) Oficiais de Justiça que ali exerçam funções, sendo um preferencialmente dos serviços do Ministério Público;

           .b) Para os serviços do Ministério Público/DIAP, caso funcione em modelo organizativo autónomo, devem ser designados 2 (dois) Oficiais de Justiça desses serviços;

           .c) No Juízo de Instrução Criminal de Lisboa, no Juízo Local de Pequena Criminalidade de Lisboa, no Juízo de Instrução Criminal de Sintra, no Juízo Local de Pequena Criminalidade de Sintra, no Juízo de Instrução Criminal do Porto e no Juízo de Pequena Criminalidade do Porto, devem ser designados quatro Oficiais de Justiça que ali exerçam funções.”

      Quer isto dizer que, na esmagadora maioria dos edifícios onde funcionam serviços judiciais e do Ministério Público, na quinta-feira bastará com a presença de dois Oficiais de Justiça, sendo um deles – preferencialmente – do Ministério Público. E não mais do que isto.

      O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) comentou estes serviços mínimos da seguinte forma:

      «Estão criadas as condições para que os Oficiais de Justiça demonstrem, de forma inequívoca, que estão fartos de reuniões para continuar conversas, estão fartos de ver as suas vidas adiadas, de ser desconsiderados. Os Oficiais de Justiça têm agora as condições para afirmar a sua força, a sua vontade.»

      E é isto mesmo que queremos destacar: o facto de estarem criadas todas as condições para que os Oficiais de Justiça possam realizar uma grande demonstração de desagrado que cause impacto e efeito, porque “estão fartos de reuniões para continuar conversas, estão fartos de ver as suas vidas adiadas, de ser desconsiderados”.

      Nos últimos dias temos centrado toda a atenção nesta greve de três dias, considerando-a, não só necessária como ainda completamente oportuna. O momento é realmente muito oportuno e as expectativas de resultados mostram-se bastante promissoras.

      Por isso, esta greve deverá ter a adesão de todos os Oficiais de Justiça, independentemente de estarem ou não sindicalizados, de se encontrarem em trabalho presencial ou em teletrabalho, em jornada contínua ou normal, todos devem aderir a esta greve, pois, como diz o SOJ numa publicação, todos devem ir à luta porque “desertar não está na génese da carreira dos Oficiais de Justiça”.

      «Uma greve para que o Ministério da Justiça se deixe de populismos, e paternalismos, e passe das palavras aos atos, Respeite e Cumpra a Lei.

      Esta é uma greve em que está também em causa o Estado de Direito Democrático e, quando alguns apontam a situação pandémica que o país atravessa, para tentar justificar a sua deserção, importa também perceber que quando os Governos não cumprem a Lei, então os cidadãos deixam de existir.»

GreveCartazSOJ=30SET01OUT02OUT2020.jpg

      Fontes: “SOJ-Página”, “SOJ-Facebook #1” e “SOJ-Facebook #2”.

por: GF
oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:08


21 comentários

De Anónimo a 28.09.2020 às 15:52

Pois é, finalmente uma greve apoiada pelos 2 sindicatos!!
Mas.... será mesmo? Ou iremos assistir a um "boicote" camuflado por parte do SFJ?

É que no mesmo comunicado em que o SFJ diz:
"Obviamente que o SFJ apoia de forma inequívoca a Greve decretada pelo SOJ"
também diz:
"Para que fique bem claro, daremos início a um processo de luta duro e longo (Greve), a iniciar no mês de outubro"

Da minha parte, como Oficial de Justiça que sou (e sócio do SFJ), apelo a todos os meus colegas que façam esta greve para lutarmos pelos nossos MERECIDOS direitos.

De Anónimo a 28.09.2020 às 16:24

BEM VISTO.
O certo é que o SFJ em momento algum aplica o termo, "também se associa" ou faz apelo aos seus sócios para que adiram à greve.
É política...

De Anónimo a 29.09.2020 às 15:53

Subscrevo e acrescento GREVE AO PROCESSO ELEITORAL, doa a quem doer!

De Anónimo a 28.09.2020 às 17:17

Tá aberta a "Época da Greve"....o Zé paga.

Além disso, estas greves de "fins de semana prolongados" são muito mal vistas pela população em geral. Sei do que falo. Consequência: se a população critica este tipo de greve, o governo não sofre qualquer tipo de pressão.

Mas é o sindicalismo que temos. A seguir vem a luta longa e dura do SFJ e mais uns fins de semana prolongados... a malta gosta.


De Anónimo a 29.09.2020 às 10:22

Numa altura em que grande parte da sociedade luta pela sobrevivência dos seus negócios e dos seus postos de trabalho !!

De Anónimo a 29.09.2020 às 15:51

Greve ao PROCESSO ELEITORAL!

De Anónimo a 28.09.2020 às 17:25

Eu vou mais longe.

Devíamos exigir responsabilidades e explicações aos Sindicatos, pelas greves decretadas nos últimos 5 anos.

Foram anos de vacas gordas onde nos foram pedidos sacrificios (leia-se greves) e ...nada. Ao contrário de muitas outras classes profissionais.

Então em que ficamos? Nós fazemos a nossa parte e os Sindicatos não fazem a deles? As greves não têm qualquer consequência em tempos de superávit e queremos que tenham em tempos de crise, de pandemia, de buraco orçamental?

Acordem, pá...

De Anónimo a 28.09.2020 às 18:34

É mesmo isso, pá. É melhor não fazer nada e deixar as coisas como estão. Com sorte pode ser que nos caia no colo a solução. Vamos mas é esperar e acreditar na boa vontade dos governos.

De Anónimo a 28.09.2020 às 18:35

Pois é, pá, a culpa só pode ser dos sindicatos; do governo é que não é; agora dos sindicatos, sem dúvida que é.

De Anónimo a 28.09.2020 às 19:09

Que grande inversão do conceito de justiça!...

O infrator é o governo que não cumpre as Leis da República e a responsabilidade é dos sindicatos!...


De Anónimo a 28.09.2020 às 21:31

Foi mesmo isso que fez nos últimos anos, rondas negociais, lembra-se?

De Anónimo a 29.09.2020 às 15:49

Mais um situacionista! Pá.

De Anónimo a 28.09.2020 às 21:18

Promessa da Senhora Ministra da Justiça - (e não foi num sítio qualquer nem numa mesa de café -, foi no Parlamento)

25-06-2020

"Sobre a revisão do estatuto dos oficiais de justiça, a governante admitiu que os profissionais “têm razão” ao reclamar e prometeu que o regulamento será aprovado até ao final do ano, relembrando todos os estatutos de outros profissionais do sistema de justiça, depois de ter sido interpelada sobre este assunto pelos partidos de esquerda".

Até ao final do ano e agora vem o Senhor Secretário da Justiça a querer começar a discutir as "linhas gerais!.."





De Anónimo a 28.09.2020 às 21:36

É esse o ponto... "Depois de todos os estatutos dos outros profissionais da justiça."
Já perceberam?

De Anónimo a 29.09.2020 às 15:57

GREVE AO PROCESSO ELEITORAL, demonstrem os sindicatos desta forma integridade e independência.

De Anónimo a 28.09.2020 às 22:00

Conheço pessoalmente um caso, de uma técnica das Conservatórias, que com a revisão da tabela salarial, quase duplicou o salário. Pertence ao Min. Justiça.
Eu vi os recibos e desafio os nossos sindicatos a dizerem que é mentira.

De Anónimo a 28.09.2020 às 22:23

Colegas lembram-se:

"Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) anunciou hoje uma greve nacional de 21 dias, com início no dia 20 deste mês, em protesto pela falta de acordo na revisão do Estatuto dos Magistrados Judiciais.

“Infelizmente fomos forçados a chegar a esta situação extrema, mas estamos dispostos a dialogar como sempre estivemos. Temos é de o fazer num clima de responsabilidade e seriedade”, disse aos jornalistas o presidente da estrutura sindical Manuel Soares, no final da assembleia-geral que decorreu hoje em Coimbra.

De acordo com a deliberação da reunião, a greve terá início no dia 20 deste mês e prolonga-se até 21 de outubro do próximo ano, caso as negociações não cheguem a bom termo.

Os juízes deliberaram ainda suspender imediatamente a participação nos trabalhos de desenvolvimento dos “Acordos para o Sistema de Justiça”.

O presidente da ASJP lamentou que a estrutura sindical tenha esperado ano e meio para dialogar com o Governo e “não tenha sido possível”.

“O primeiro-ministro foi informado do nosso desagrado, a ministra não foi sensível à necessidade de falar com os juízes, o grupo parlamentar do PS fez uma promessa que não cumpriu, o senhor Presidente da República foi informado e nós fomos forçados a chegar a esta situação extrema”, disse.

Para Manuel Soares, “não havia alternativa e tínhamos de fazer alguma coisa, porque aquilo que aconteceu foi mau de mais para aquilo que gostávamos que tivesse acontecido, que foi uma falta de respeito institucional pelos juízes por se recusarem a falar connosco e nos terem feito promessas que depois não foram cumpridas”.

Sobre a proposta do Governo que chegou ao sindicato na sexta-feira, o dirigente considerou-a “insuficiente, uma vez que se refere apenas a um dos aspetos que nós propusemos em outubro de 2017, além de surgir num momento pouco próprio, na noite da véspera da assembleia-geral de hoje”.

“No plano da substância a proposta é má, porque visa dividir os juízes em dois grupos, em a e b, que são todos os que entrarem no futuro para o sistema, para os quais fica previsto uma redução líquida de retribuição de 10 ou 15%”, salientou.

Para o presidente da ASJP, “não parece minimamente aceitável que, ao fim de sete anos de avanços e recuos, se fosse aceitar uma proposta cujo resultado final para o futuro é uma diminuição da remuneração dos juízes”.

Manuel Soares não fechou as portas ao diálogo e ressalvou que existe agora um prazo de duas semanas para conversar, porque as medidas decididas começam a ser executadas no dia 19... "

Conseguiram.

Nós andamos a negociar há 20 anos, ficamos para o fim, sem fim à vista!

De Anónimo a 29.09.2020 às 15:46

Companheiros, greve ao PROCESSO ELEITORAL que se aproxima
Vamos lá a ver se é desta!

De Anónimo a 29.09.2020 às 19:21

Vamos a isso...

De Anónimo a 29.09.2020 às 20:44

Acho excelente ideia, mas os nossos sindicatos não têm... para isso.
Vejo muitos colegas a questionarem-se do porquê.
É simples: quando se é militante de um partido, com cartão mesmo, e eleito para órgãos autarquicos, fica difícil depois "dar o murro na mesa". Não tem mal nenhum, somos um país livre, mas condiciona depois a ação.

De Anónimo a 29.09.2020 às 23:55

Agora é a greve aos cadernos eleitorais agora é que é boa, esquecendo que ela já foi apresentada, por duas vezes - uma delas até com compromissos entre sindicatos -, mas depois... O problema é andar muita gente instalada na carreira a fazer sempre de tudo, nomeadamente agora pelas redes sociais, a minar, para tudo continuar na mesma. nunca nada serve, tudo só é bom depois que se deitou abaixo.

"Salientar que o dia 26 de agosto era o último dia de entrega das listas de candidatos às eleições legislativas e que essas listas são apresentadas até às 18h00 e, após despacho, são afixadas, ainda nessa noite, à porta do tribunal."

https://soj.pt/queixa-a-o-i-t-e-greve-ao-trabalho-forcado/

Comentar Artigo



BandeiraPT oficialdejustica.blogs.sapo.pt
.................................................. INICIATIVAS COMPLEMENTARES:
..................................................
MEDIDAS e Sugestões de Proteção Prática para Oficiais de Justiça
Veja a compilação de sugestões recebidas até ao momento e envie o seu contributo para o e-mail:
OJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

..................................................
PERMUTAS para Oficiais de Justiça (Lista de Permutas)
Veja os pedidos existentes e envie os seus para o e-mail dedicado:
PermutasOJ@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Legislação e Publicações Relevantes - Lista com seleção diária de legislação e outras publicações relevantes em Diário da República e noutras fontes.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................
Lista de Alojamentos
Anúncios de Procura e de Oferta de alojamentos para Oficiais de Justiça. Contacte pelo e-mail dedicado:
ProcuraAlojamento@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Grupo WhatsApp para Oficiais de Justiça
A comunicação direta de, para e com todos. Saiba+Aqui

..................................................
Lista de Anúncios para Partilha de Carro
Boleias e partilhas de lugares nos carros, sejam diárias, aos fins-de-semana, para férias ou ocasionais, anuncie a disponibilidade e contacte pelo e-mail dedicado:
PartilhaDeCarro@sapo.pt
Consulte a lista aqui

saiba+aqui
..................................................
Estatuto dos Oficiais de Justiça EOJ - Para assuntos relacionados com o Estatuto em apreciação use o e-mail dedicado:
Estatuto-EOJ@sapo.pt

veja+aqui
..................................................
Histórias de Oficiais de Justiça (Compilação)
Envie histórias, peripécias, sustos, etc. para o e-mail dedicado:
HistoriasDeOficiaisDeJustica@sapo.pt

saiba+aqui

..................................................
Acordos & Descontos para Todos - Lista de descontos para Oficiais de Justiça oferecidos por empresas privadas.
Consulte a lista aqui
saiba+aqui

..................................................

..................................................
Endereço Geral da página - Para assuntos diversos, use o endereço de e-mail geral:
OJ@Sapo.Pt

..................................................
Veja por aqui + informação sobre o Perfil / Autoria da página
+
Veja também por aqui o Estatuto Editorial e a Direção desta publicação
..................................................
Dúvidas sobre a Justiça?
Ligue para a Linha Justiça
(MJ) (chamada gratuita):
800 910 220
(das 9h às 19h nos dias úteis)
saiba+aqui e veja também o portal da Justiça em justiça.gov.pt
..................................................
Linha de Emergência Social:
Apoio da Segurança Social e do Ministério da Justiça:
144 (Linha Gratuita 24 h)
saiba+aqui
Linha da Segurança Social:
300 502 502 (das 09h às 18h)
..................................................
Outras Linhas de Apoio:
808 24 24 24 - SNS 24 / Saúde 24
(custo de chamada local)
800 209 899 - SOS Voz Amiga
(das 16h às 24h) (gratuita)
808 237 327 - Conversa Amiga
(das 15h às 22h) (gratuita)
239 484 020 - SOS Estudante
(das 20h à 1h)
222 080 707 - Telf. Esperança
(das 20h às 23h)
800 990 100 - SOS Pessoa Idosa
(das 10h às 17h) (gratuita)
..................................................

Meteorologia

Porto
Lisboa
Faro

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2020

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Para Contactar:

Para mensagens breves pode usar a caixa de mensagens abaixo (mensagens instantâneas) ou usar o endereço geral de e-mail: oj@sapo.pt para mensagens maiores, com imagens ou anexos ou se quiser uma resposta.

Mensagens Instantâneas

Na caixa de mensagens abaixo pode enviar qualquer tipo de mensagem de forma simples e rápida. Basta escrever, carregar no botão "Enviar" e já está. Estas mensagens são anónimas, não são públicas nem são publicadas. Como as mensagens são anónimas se quiser resposta indique o seu e-mail.

Mensagens

Subscrever para receber e-mail

Pode receber no seu e-mail cada artigo aqui publicado, para isso basta indicar o seu e-mail e depois ir lá confirmar a subscrição na mensagem que lhe será enviada. Simples, automático e recebendo cada artigo logo que publicado. .................................................

Escreva abaixo o seu endereço de e-mail:

Não esqueça ir depois ao seu e-mail confirmar a subscrição (se ocorrer avaria comunique).


Comentários

Pode comentar cada artigo e responder a comentários já existentes. Os comentários podem ser anónimos ou identificados e o conteúdo não é previamente (mas posteriormente) verificado.
Para comentar os artigos selecione "Comentar".
Os comentários são públicos. Para mensagens privadas use a caixa de mensagens ou o e-mail.
Os comentários ou respostas colocados pela administração da página surgem identificados como "oficialdejustica" e clicando no nome acede ao perfil da página. Não se identifique com nomes e de forma igual ou parecida com a referida designação.
Os comentários e as críticas não devem atingir pessoas mas apenas ideias. A discussão deve ser saudável, construtiva e digna. Serão eliminados os comentários que se julguem inadequados.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não batam mais na justiça que é ceguinha e doentin...

  • Anónimo

    Já só faltam 30 dias para o prazo fixado na Lei do...

  • Anónimo

    https://observador.pt/2021/02/28/procuradores-avan...

  • Anónimo

    Conversa, mais conversa, mas ação, NADA.Peço encar...

  • Anónimo

    E para quem trabalha em público ou privado, também...

  • Anónimo

    O actual presidente do SFJ, antes de ser eleito, d...

  • Anónimo

    O observador05-01-2021:"Mário Belo Morgado, secret...

  • Anónimo

    Sobre os problemas da nossa classe:Compreendi onte...

  • Anónimo

    País ao Minuto05-09-2019:"Ficou encarregue da past...

  • Anónimo

    Já só faltam 33 dias para o prazo fixado na Lei do...

  • Anónimo

    porque se se demite, o próximo a ter que assumir a...

  • Anónimo

    Sempre retirei da minha experiência e já o tinha d...

  • Anónimo

    Concordo.Concordo com a ideia de que os louvores s...

  • Anónimo

    esta ministra é mais um desastre no ministério. só...

  • Anónimo

    Tudo isto é verdade. Mas, a pergunta que se impõe...

  • Anónimo

    Palavras, palavras e mais palavras. Palavras esque...

  • Anónimo

    Nao fumes menos que nao é preciso!🤦‍♂️

  • Anónimo

    Qualquer "patrão" português que possa fazer o trab...

  • Anónimo

    Completamente de acordo com o artigo. Há que desta...

  • Anónimo

    "injustiças de uma administração governativa que, ...

  • Anónimo

    Desculpe, mas não consigo entender que mensagem qu...

  • Anónimo

    Já não é graxismo ou lambebotismo que se diz!! Ago...

  • Anónimo

    Volto a parabenizar: Bem haja este blog!

  • Anónimo

    Ainda não viram que querem nos aproximar cada vez ...

  • Anónimo

    Lamento não concordar, mas à luz da realidade o q...




oficialdejustica.blogs.sapo.pt

Ligações

Ligações de INTERESSE:

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações a LEGISLAÇÃO

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  • Em alguns casos, pode não ver todo o documento mas só a primeira página. Baixe o documento para o ver e ficar com ele na totalidade.

  •  
  • _______________________

  •  
  • Ligações a DOCUMENTOS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • Ligações dos TRIBUNAIS

  •  
  •  
  • ________________________

  •  
  •  
  • POR e PARA Oficiais de Justiça

  •  
  •  
  • ________________________


    Onde encontrar o Ofici@l de Justiç@?

    Os artigos aqui publicados são distribuídos por e-mail a quem os subscrever e são ainda publicados no Facebook, no Twitter, no "Blogs Portugal", no "Reddit" e no WhatsApp, ou seja, em 7 plataformas diferentes:

    1- Sapo (oficialdejustica)

    2- Facebook (OficiaisJustiçaPortugal)

    3- Twitter (OfJustica)

    4- Blogs Portugal

    5- Reddit (OficialJustica)

    6- WhatsApp

    7- Assinantes por "e-mail"






    Para além das outras possibilidades de comunicação, se pretender comunicar por e-mail, use o endereço abaixo indicado:

    OJ@SAPO.PT

    .......................................................................................................................